99 suspende cadastro de novos motoristas e anuncia medidas de segurança

A empresa de transporte particular 99 divulgou nesta segunda-feira, 20, novas medidas de segurança para motoristas novos e antigos. Depois da divulgação de reportagens relativas ao motorista Patrick Gomes do Nascimento, cadastrado com dados falsos para cometer estupros contra passageiras, casos de vendas de cadastros foram descobertos, mostrando a fragilidade do sistema de segurança dos aplicativos. O pacote de novas medidas prevê suspensão de contas novas e revisão de documentos de motoristas já ativos.
Serão duas semanas de suspensão para a análise dos documentos de todos os novos motoristas do aplicativo. Motoristas já ativos também devem passar pelo processo, mas sem a paralisação de atividades. Quem apresentar “inconsistências”, segundo o anúncio do aplicativo, deve ser convocado para uma checagem presencial no centro de atendimento da empresa. A norma deve impedir que motoristas utilizem contas de terceiros para fazer corridas, como acontece atualmente.

(Foto: Reprodução/ Jornal O POVO)
Reconhecimento facial de motoristas será outro lançamento visando a melhora do controle de quem dirige para os aplicativos. A 99 afirma que uma equipe ficará responsável somente para a segurança de motoristas e passageiros. Medidas de proteção que já existiam irão continuar funcionando, como bloqueio de contas suspeitas e compartilhamento de rotas e dados de motoristas com outras pessoas.
No anúncio, a empresa ainda reitera que  “repudia qualquer forma de ilegalidade e lamenta profundamente os casos de violência”.  Ela diz que colabora “ativamente” com as autoridades responsáveis pelas investigações e procura prestar atendimento às famílias e vítimas dos crimes.
Com informações: O Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *