Jaguaruana: Radialista sofre atentado a bala dentro de estúdio da Rádio União

O radialista e diretor da Associação Cearense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acert), Sandoval Braga Júnior, foi baleado na tarde desta sexta-feira (21), dentro do estúdio da União FM, em Jaguaruana, 185 km de Fortaleza. A vítima alega que o crime tem motivação política, por ter criticado a gestão municipal e vereadores em seu programa na emissora.

“Isso é um atentado à liberdade de expressão e imprensa. Nós fizemos comentários sobre uma recomendação do Ministério Público e hoje, invadiram a emissora. Antes de atirar, eles disseram que eu devia me calar e parar de falar besteira no meu programa. Sou dono dessa emissora há onze anos, isso é uma intimidação, não levaram nada”, comentou o radialista, que foi socorrido por uma ambulância do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu).

O bando era formado por quatro homens, que rondaram o prédio da rádio durante a tarde, em um carro modelo Gol cor vermelha. Dois desceram, invadiram a emissora e mandaram o radialista e outras pessoas deitarem no chão.

Ainda segundo Sandoval, os suspeitos eram treinados e sabiam manusear uma arma. Por conta disto, o comunicador acredita que sejam profissionais da Segurança Pública, que foram contratados para “dar um susto” na vítima.

Procurada, a Acert informou que irá apurar o que aconteceu e se manifestará em seguida.

Com informações: CNews

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *