Proposta de Bolsonaro de pagar 13º no Bolsa Família é de senador petista

Apresentada por Jair Bolsonaro (PSL) como uma ideia do seu vice, Hamilton Mourão, a proposta que institui o pagamento de 13ª parcela para beneficiários do Bolsa Família não apenas já existe, como é de autoria de um parlamentar do PT.

Lindbergh Farias (PT-RJ) protocolou o projeto de lei 256/2017 em 9 de setembro do ano passado. A partir daí, a medida passou a tramitar na Comissão de Assuntos Econômicos do Senado (CAE).

Antes, porém, Marina Silva (Rede) já havia apresentado a proposta durante as eleições de 2014.

Em vídeo gravado com os deputados federais eleitos Dayane Pimentel (PSL-BA) e Heitor Freire (PSL-CE) e divulgado na terça-feira passada, Bolsonaro promete conceder a 13ª mensalidade do Bolsa Família.

O presidenciável então informa que havia sido procurado por Mourão, que submeteu a novidade ao assessor econômico Paulo Guedes.

“Essa despesa a mais”, afirma o candidato, “nós vamos tirar combatendo a fraude nesse programa, que, para muita gente, é essencial”.

No mesmo vídeo, o ex-militar se defende de acusações segundo as quais ele iria eliminar o programa assistencial criado nos governos do PT.

“Falar de tirar o Bolsa Família é um ato de desumanidade”, critica o postulante do PSL. “Pelo contrário. Vamos fortalecer e dar pra quem necessita. Nordeste, aquele abraço.”

Em declaração recente a uma plateia de empresários na CDL de Uruguaiana (RS), Mourão chegou a dizer que o 13º salário, previsto na Consolidação das Leis Trabalhistas, era uma “jabuticaba”.

O vice foi desautorizado por Bolsonaro no mesmo dia. Pelo Twitter, o candidato criticou o companheiro de chapa e garantiu a manutenção do direito.

A concessão de 13º para cadastrados no Bolsa Família já havia causado polêmica ao entrar na campanha eleitoral deste ano.

Em Pernambuco, os candidatos Armando Monteiro (PTB) e Paulo Câmara (PSB), que disputavam o Governo do Estado, expuseram a proposta em seus programas como se fosse deles.

Câmara, atual governador, acabou reeleito ainda no primeiro turno.

Com informações: Blog de Política O Povo

Jair Bolsonaro não virá ao Ceará no segundo turno da campanha

O presidenciável Jair Bolsonaro, do PSL, não virá ao Ceará durante  a campanha neste segundo turno das eleições à Presidência da República. A informação foi repassada pelo presidente deu seu partido no Estado, Heitor Freire. Já o petista Fernando Haddad, de acordo com lideranças da legenda, tem o Nordeste como principal local de campanha nos próximos dias, além de Rio de Janeiro, Minas Gerais e São Paulo.

Segundo informou Freire,  Bolsonaro não virá ao Estado, pois depende de avaliação médica para ser liberado para a campanha, o que acontecerá somente na próxima semana.  O presidenciável já cancelou algumas agendas de campanha, como por exemplo, participação em debates políticos. Durante o primeiro turno, ele também não veio ao Ceará, visto que sofreu atentado à faca durante caminhada em Minas Gerais.

No primeiro turno, a vinda do candidato estava marcada para o fim de setembro, o que não aconteceu. A última vez em que ele esteve no Ceará foi no final de junho, ainda no período de pré-campanha. Heitor Freire brincou, dizendo que o presidenciável virá ao Estado, provavelmente, em novembro “após vencer as eleições presidenciais”. “Lembrando que o Ceará tem um lugar especial no coração do Bolsonaro devido à família de sua esposa, que é do Estado. O Ceará terá um olhar diferenciado por ele quando for presidente”, disse.

Com o objetivo de atrair o maior número de votos para Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL), aliados dos presidenciáveis estão se articulando, no Ceará, em eventos que terão início já na próxima semana. O governador Camilo Santana marcou para a segunda-feira, à noite, uma reunião com todos os candidatos de sua coligação eleitos, para agradecer os votos recebidos, mas, principalmente, fazer chamamento a todos em prol da candidatura de Haddad.

Camilo quer aproveitar a popularidade e o bom desempenho nas urnas para atrair o maior número de eleitores ao candidato do Partido dos Trabalhadores.  Por outro lado, os aliados de Bolsonaro, em sua maioria membros do PSL e PROS, estão se articulando para que o candidato tenha maior representatividade no Ceará, a partir dos próximos dias.

Heitor Freire, que preside o PSL do Ceará, esteve nos últimos dias no Rio de Janeiro com o capitão da reserva, e tinha como ideia principal agendar visita de Bolsonaro ao Ceará neste segundo turno das eleições.  Outro que esteve com Bolsonaro foi o deputado federal eleito, Capitão Wagner. O deputado confirmou que alguns tucanos cearenses devem apoiar o candidato do PSL, como é o caso de Roberto Pessoa, eleito deputado federal.

Leonardo Araújo, do MDB também deve apoiar Bolsonaro, ainda que o MDB tenha defendido neutralidade de seus filiados. Como não há verticalização que obrigue que os membros de partidos no Estado fiquem obrigados a votar de acordo com a determinação da executiva nacional, muitos políticos devem apoiar as candidaturas do PT e PSL, de acordo com a consciência de cada um.

Com informações: Diário do Nordeste

Governo declara estado de emergência em Forquilha após foco de peste suína

Portaria publicada no Diário Oficial do Estado desta quinta-feira, 11, declarou estado de emergência zoossanitária no município de Forquilha (Região Norte) por prazo de 12 meses. A medida se dá após confirmação de foco de peste suína clássica. Assim, estão interditadas todas as propriedades rurais e demais estabelecimentos com suínos e produtos “que representem risco para manutenção ou difusão da doença”. O comércio de suínos do Ceará – produção escoada apenas entre os estados do Nordeste -, permanecerá impedido.
A publicação, assinada pelo secretário da Agricultura, Pesca e Aquicultura (Seapa), Euvaldo Bringel, antecipa que “a área de emergência zoossanitária poderá ser alterada, por ato normativo da Secretaria, de acordo com a evolução das investigações epidemiológicas e dos trabalhos de vigilância zoossanitária em execução”.
Está proibida a saída de suínos e demais produtos de risco para peste suína, justificada pela necessidade da “imediata aplicação de medidas específicas para contenção e eliminação” do vírus, prevenindo a disseminação para outras áreas do Estado.
Alastramento 
Partes dos município de Sobral e Groaíras também seguem em alerta devido ao foco da doença, identificado em Forquilha, numa propriedade familiar pequena, no distrito de Mulungu. As localidades vizinhas estão dentro do perímetro de vigilância externa.
Pelo menos 109 porcos serão abatidos por conta do vírus. A Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri) informou que foram intensificadas as ações de vigilância epidemiológica e que todas as medidas mitigatórias estão sendo tomadas para o controle da doença e de consequentes prejuízos econômicos ao setor.
A doença 
A peste suína clássica é fatal para os suínos domésticos e selvagens mas não traz riscos à saúde humana e nem às demais espécies de animais domésticos.
A Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA) informou que não há riscos de disseminação da doença que afete a produção nacional. O problema foi informado à Organização Mundial de Saúde Animal (OIE).
A ABPA esclareceu que a Peste Suína Clássica é menos grave que a Peste Suína Africana e tem processo de erradicação mais eficiente.
Segundo o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), o caso não deve interferir nas exportações do Brasil, cujos produtos são de criações de Santa Catarina e Rio Grande do Sul.
Amorim Sobreira, diretor de Sanidade Animal da Adagri, informou que o sacrifício dos 109 animais vai ser feito nos próximos dias. “Precisamos providenciar alguns detalhes, como o local, a máquina para cavar as valas onde os animais serão enterrados”
Amorim detalha que no Ceará existem aproximadamente 20 grandes produtores com produção a partir de 300 matrizes, com população de suínos em torno de 1,1 milhão de animais.
Prejuízos 
Segundo Paulo Hélder, presidente da Associação de Suinocultores do Ceará (Asce), fundos do Rio Grande do Sul e Santa Catarina serão direcionados para ressarcir o produtor da propriedade em que o foco foi encontrado.
Os dois estados têm interesse na resolução do problema, por serem grandes exportadores da carne para o exterior. Paulo alerta que os estados poderiam ser prejudicados, já que um foco da peste existe no País e poderia impedir essa exportação.
Marcelo Lopes, presidente Associação Brasileira de Criadores de Suínos, acrescenta que os procedimentos de biossegurança devem proteger as produções que comercializam os porcos. “Tomamos todos os cuidados, como bloquear o transporte de animais de um estado para o outro”.
Com informações: O Povo

Estratégia de Ciro mira 2022 – Por Paulo César Norões

Quem conhece política sabe que nada é por acaso. Se Ciro Gomes estabelece que vai dar apenas ‘apoio crítico’ a Fernando Haddad, pode ter certeza de que existe uma razão por trás. Uma razão política, claro. Ciro sabe que não pode se omitir numa disputa como essa, em razão da polarização entre esquerda e direita. Mas, sabe também que não será fácil para o petista tirar a diferença. E aí vem a pergunta: por que ele vai se matar por um partido que fez tudo o que pôde para inviabilizar sua candidatura? Por esse ângulo, o tal ‘apoio crítico’ está de bom tamanho. O PT não fez tanta questão de ter candidato próprio? Pois que trate de elegê-lo. Se o quadro atual se mantiver e Haddad perder a eleição, o pedetista comprova que estava certo e fica em posição confortável para liderar uma frente de esquerda de oposição ao governo Bolsonaro, já de olho em 2022.

Afinado

O gesto de Ciro não foi isolado. Ato contínuo o irmão Ivo, prefeito de Sobral, se posicionou em seu perfil no Facebook. “#EleNão e oposição a quem quer que vença as eleições. Embora haja um mal maior, nenhum dos dois projetos serve ao Brasil”, escreveu Ivo Gomes. Mais direto, impossível.

#HaddadSim

Já Camilo Santana tem razões de sobra para querer a vitória de Haddad. Além de petista como ele, a chance do governador ser prestigiado por um eventual governo de Bolsonaro é mínima. O próprio candidato do PSL já deixou claro que vai dar preferência aos aliados.

Encontro

Camilo reúne na noite de segunda-feira (15), no Marina Park, prefeitos, deputados, vereadores, apoiadores e lideranças políticas em geral e de movimentos sociais. Vai agradecer o apoio à sua reeleição e convocar a todos para a campanha de Haddad, no Ceará.

Com informações: Paulo César Norões

Caucaia: Prefeito entrega praça revitalizada no Grilo

O prefeito Naumi Amorim entregou nesta quinta-feira (11/10) a revitalização da praça Alfredo Leite, localizada no bairro Grilo. A solenidade contou com a oferta de uma série de serviços à população.

Fruto de parceria entre o Instituto do Meio Ambiente de Caucaia (Imac) e a Secretaria Municipal de Patrimônio, Serviços Públicos e Transporte (SPSPTrans), a revitalização do espaço teve pintura, recuperação do piso e dos bancos, poda de árvores e novos ornamentos de jardinagem, com a reutilização de pneus, garrafas pets e pallets.

Naumi plantou uma das várias espécies que agora serão cultivadas na praça. O lugar recebeu exemplares de abacaxi roxo, hera, palmeiras, corama, boldo e erva doril. “Plantei uma muda e espero que ela cresça com os cuidados de cada um dos moradores. A união do poder público com as pessoas vai transformar a cidade”, disse o prefeito.

Para o presidente do Imac, Hugo Pontes, reavivar a praça significa incentivar a população a frequentar o espaço. “Aqui antes era escuro e os bancos eram quebrados. Tudo agora ficou consertado e da forma adequada para os moradores do entorno realmente usarem. É importante também a população usar a praça, cuidar dela e mantê-la.”

Morador há 20 anos do Grilo, seu João Batista ficou surpreso com a nova cara da praça. “É a primeira vez que vejo este tipo de atividade no bairro. Ficou tudo bonito. Os próprios moradores devem cuidar ,agora regando as plantas para ficar cada vez mais belo.”

Roberta Andrade, moradora há 21 anos da região, também nunca tinha presenciado intervenções do poder municipal em praças do Grilo. “Ficou ótimo. Agora dá pra gente conversar e utilizar a praça.”

Foram oferecidos ao público: limpeza de pele, designer de sobrancelha, manicure, corte de cabelo e distribuição de 150 mudas de plantas.

 

Com informações: ASCOM da Prefeitura de Caucaia

Erika visita Câmara Municipal de Caucaia e agradece os 86 mil “votos de esperança”

Em sua primeira aparição pública depois do resultado da eleição, a deputada estadual eleita Erika Amorim visitou a Câmara Municipal de Caucaia nesta quinta-feira (11/10). A convite dos parlamentares, ela participou da 54ª sessão ordinária e agradeceu os “86.320 votos de esperança” que recebeu em 170 municípios do Ceará.

Erika foi a deputada estadual mais votada do Estado, a deputada estadual mais votada da história de Caucaia, a segunda deputada estadual mais votada da história do Ceará e a deputada estadual mais votada da coligação a qual pertencia. No ranking geral, foi a sétima com mais eleitores.

Candidata de primeira viagem, a primeira-dama dos caucaienses ficou à frente de nomes que tentavam a reeleição e de lideranças conhecidas do eleitorado. “A gente não constrói nada sozinho. Muitas pessoas se uniram a nós nessa caminhada e muitas nos fortaleceram em oração. Por isso, essa vitória não é só minha. É de todos nós. E eu quero retribuir com dada dia dos quatro anos do meu mandato com muito foco e muito trabalho”, declarou.

Ela comemorou o desempenho em Caucaia, onde conseguiu votos suficientes para eleger-se. Foram 42.982 apoios. “Saí de algumas comunidades de coração dilacerado. É muita responsabilidade porque essas pessoas nos veem como uma esperança. Mas Caucaia agora tem um prefeito que ama a cidade, uma deputada eleita em casa e um deputado federal (Domingos Neto) amigo. Juntos, com vontade de resolver, a gente vai ter dias melhores”, pontuou Erika.

A trajetória da deputada eleita foi enaltecida por todos os 13 vereadores em plenário. “Sua votação expressiva é fruto de um trabalho. Nada vem à toa. Vossa Excelência sempre foi uma primeira-dama ativa. Desejo que some ainda mais forças ao prefeito para melhorar nosso município”, disse a presidente da Câmara, vereadora Natécia Campos.

Muitos parlamentares destacaram a eleição de Erika como a abertura de um importante canal de diálogo de Caucaia com o Governo do Estado. “Sua vitória é uma vitória do povo”, afirmou o vice-presidente do Legislativo, vereador Mersinho. “A senhora colocou os pés no chão e foi em busca de voto. Não se acovardou e vai ser a voz das pessoas que hoje não têm voz no parlamento estadual”, acrescentou o líder do Governo na Casa, vereador Fábio Herlândio.

Até quem não esteve ao lado de Erika na campanha parabenizou-a pela votação histórica. Somados, os três principais concorrentes dela no pleito não chegaram a metade dos votos alcançados pela candidata. “Vossa Excelência é a prova viva de que todo trabalho bem feito é recompensado”, declarou o vereador Neto do Planalto.

 

Com informações: Bruno de Castro

TRE-CE disponibiliza dados detalhados da votação

Já estão disponíveis os dados detalhados da votação dos candidatos no primeiro turno em cada município, zona eleitoral e seção do estado do Ceará. Basta o interessado acessar o site do TRE-CE, em “Eleitor e Eleições” / “Eleições”/ “Resultados” ou http://apps.tre-ce.jus.br/tre/eleicoes/resultados/2018/.

Em breve, serão disponibilizados novos relatórios.

Os eleitores também pode verificar, no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), os boletins de urna (BUs) com o quantitativo de votos apurados no primeiro turno das Eleições 2018. O link Boletim de urna na web permite consultar os resultados de cada urna em qualquer parte do país e do exterior. Para efetuar a pesquisa, basta preencher os campos unidade da federação, município, zona e seção. Para consultar as urnas do exterior, basta selecionar no campo “UF” a sigla ZZ.

Com informações: ASCOM do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Ceará

Tasso e Eduardo Girão devem definir trabalho conjunto na bancada

O senador Tasso Jereissati (PSDB) e o senador eleito Eduardo Girão (PROS) deverão ter encontro para discutir um trabalho integrado na bancada cearense no Senado, a partir de fevereiro de 2019. No início da semana, eles conversaram pelo telefone, quando Tasso parabenizou Eduardo pela vitória. Nestas eleições, PSDB e PROS integraram a aliança de oposição no Estado.

Eduardo tem mantido encontros com lideranças do PROS, nos quais avalia a sua eleição. Em entrevistas, Capitão Wagner – eleito deputado federal – tem admitido a necessidade de um trabalho estratégico das oposições com vistas às eleições municipais de 2020, em especial na sucessão de Fortaleza.

 

Com informações: Eliomar de Lima

 

Com expressiva votação AJ Albuquerque é conduzido à Câmara Federal

Pela primeira vez na disputa por uma das 22 vagas na Câmara Federal, AJ Albuquerque (Progressistas) figura entre os 10 deputados federais mais bem votados.
Filho do presidente da Assembleia Legislativa do Ceará, deputado Zezinho Albuquerque e atualmente ocupando a presidência estadual do Progressista, AJ foi eleito com mais de 130 mil votos de cearenses dos 184 municípios do Estado.
Uma de suas grandes votações aconteceu em Caucaia, onde recebeu o apoio do grupo político liderado pela presidente da Câmara daquela cidade, vereadora Natécia Campos e obteve mais de 6.000 votos.
Favorável às transformações e reformas sociais, AJ faz parte de um novo momento da política cearense. “Representamos a renovação da Câmara Federal. Com nosso espírito público e juventude vamos trabalhar, sobretudo, para fortalecer a educação de nossas crianças e jovens. Essa é a nossa principal bandeira”. destaca.
Com informações: Roberto Moreira

Partido de Ciro Gomes anuncia apoio a Haddad contra “derrocada da democracia”

Está definido mais um apoio ao candidato do PT, Fernando Haddad. O maior detentor de votos além dos dois candidatos no segundo turno, o PDT de Ciro Gomes anunciou na tarte dessa quarta-feira, 10, um “apoio crítico” ao petista no segundo turno.

O apoio era quase certo, já que o presidenciável Ciro Gomes havia falado, logo após a apuração dos votos confirmar disputa em segundo turno, que não apoiaria Jair Bolsonaro (PSL) – a quem se referiu durante a campanha como “Hitlerzinho tropical”.

Já o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, afirmou no mesmo dia que o partido “jamais” apoiaria o capitão da reserva. No primeiro turno, Ciro recebeu mais de 13 milhões de votos e foi terceiro colocado no pleito.

Confira a nota divulgada pelo PDT em seu site:

A Executiva Nacional do PDT reunida nesta quarta-feira na sede nacional do partido, em Brasília, declara seu apoio crítico à candidatura de Fernando Haddad para evitar a vitória das forças mais reacionárias e atrasadas do Brasil e a derrocada da Democracia.

Com informações: Blog de Política O Povo