116 municípios mais pobres não somam nem 10% do PIB do Ceará

Os 116 municípios com menor Produto Interno Bruto (PIB) do Ceará não somam nem 10% do total do mesmo índice do Estado. A informação integra balanço do PIB dos municípios divulgado nesta sexta-feira, 14, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Mesmo com pouca participação na economia, as mesmas cidades possuem quase 22% da população cearense.

Confira mapa da concentração de recursos no Estado:

 

Os dados dizem respeito a 2016, último ano a ser adicionado à série histórica da pesquisa. Ao todo, as 116 cidades que ocupam parte “de baixo” da tabela somavam PIB em cerca R$ 13 bilhões. Mesmo representando o produto de 63% dos municípios do Estado, o valor soma apenas 9,91% dos mais de R$ 138,3 bilhões do valor total da economia cearense.

A capital Fortaleza, do outro lado, concentrava quase 44% de todo o PIB do Estado, em R$ 60,1 bilhões. O valor é seguido pelos produtos de Maracanaú (R$ 8 bilhões), Caucaia (R$ 5,4 bilhões), Juazeiro do Norte (R$ 4,1 bilhões) e Sobral (R$ 4,1 bilhões). Somados, os cinco maiores PIBs do Ceará concentram quase 60% de toda a economia cearense.

Apesar da pequena produção de riquezas, os 116 municípios de menor PIB somam população de mais de 2 milhões de pessoas. Nas últimas posições da tabela, estão cidades como Granjeiro, Baixio, Senador Sá, Pacujá, General Sampaio, Altaneira, Umari e Pires Ferreira.

 

Com informações: O Povo

Ceará tem 40 municípios em situação de alerta ou risco para dengue, zika e chikungunya

O Estado do Ceará tem 40 cidades em situação de alerta ou risco de surto de dengue, zika e chikungunya, segundo um levantamento divulgado pelo Ministério da Saúde, nesta quarta-feira (12).

Canindé, Chorozinho e Viçosa do Ceará estão em situação de risco de surto, enquanto que Fortaleza aparece em situação satisfatória.

De acordo com o estudo, 37 municípios se encontram em estado de alerta para as doenças. São eles: Acarape, Acopiara, Alto Santo, Aracoiaba, Araripe, Assaré, Baturité, Boa Viagem, Campos Sales, Cariré, Caririaçu, Caucaia, Coreaú, Farias Brito, Horizonte, Ibicuitinga, Ipu, Itaitinga, Itapagé, Itapipoca, Itatira, Jaguaretama, Maranguape, Milhã, Mucambo, Nova Olinda, Pacatuba, Palmácia, Parambu, Quixadá, Quixeramobim, São Luís do Curu, Senador Pompeu, Senadro Sá, Tejuçuoca, Umari e Uruburetama.

No Ceará, a maior parte dos criadouros foi encontrada em depósito de água (860), seguida de depósitos domiciliares (290) e lixo (37).

Nordeste

Fortaleza é uma das cinco capitais do Nordeste consideradas em situação satisfatória, ao lado de Maceió, Aracaju, Teresina e João Pessoa.

Já Salvador, Recife e São Luiz estão em estado de alerta para a manifestação das arboviroses. O levantamento em Natal foi feito por armadilha, metodologia utilizada quando a infestação do mosquito é muito baixa ou inexistente.

 

Com informações: Diário do Nordeste

Novo secretariado estadual e Mesa da Assembleia

Uma notícia sobre reunião do governador Camilo Santana com assessores, neste domingo (09), motivou uma onda especulativa na própria base governista, tamanha é a expectativa dos políticos quanto a escolha do próximo secretariado do governador e sua posição em relação à eleição da nova Mesa Diretora da Assembleia, ainda no primeiro dia do mês de fevereiro, quando os deputados tomarão posse.

Eles só ficaram mais calmos quando o governador publicou a informação, à tarde, sobre a investigação dos crimes ocorridos no Município de Milagres, na madrugada da última sexta (07), o motivo da reunião. O governador, realmente, já começou a conversar com deputados sobre a eleição dos novos dirigentes da Assembleia. Quatro ou cinco parlamentares já foram ouvidos no início da semana passada. Os encontros foram interrompidos por conta do compromisso de Camilo, em Brasília.

Não há qualquer informação oficial sobre a escolha de secretários estaduais para o próximo Governo, a começar no dia primeiro de janeiro próximo, mas são muitas as especulações, notadamente entre os deputados estaduais e  federais, tanto por conta do interesse de alguns de compor o Governo, quanto pelo aproveitamento de suplentes, na verdade os mais ansiosos.

Com informações: Edison Silva

Chuvas no Ceará: precipitações atingem todas as regiões do Estado

As chuvas registradas no Ceará no intervalo entre as 7h do domingo (9) e as 7h desta segunda-feira (10) atingiram todas as regiões do Estado, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme). O destaque foi Iguatu, no Centro-Sul, que teve 105mm. Pelo menos 119 municípios tiveram precipitações no período.

Outros destaques foram Canindé (83 mm) e Lavras da Mangabeira (72 mm), no Sertão Central e Cariri, respectivamente. Os dados são parciais e podem ser acompanhados por meio do site da Funceme ou pelo aplicativo Calendário de Chuvas.

Na manhã desta segunda-feira, a Rede de Radares mantida pela Funceme registrou precipitações em todas as regiões. Ao longo do dia desta segunda e para os próximos dois dias (terça e quarta-feira) a previsão é nebulosidade variável com eventos de chuva em todas as regiões cearenses.

As chuvas acontecem porque os sistemas indutores de precipitações – Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS) e o Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) – continuam interagindo e provocando nebulosidade. Ambos os sistemas são comuns neste período, de acordo com a Funceme.

Confira as maiores:

Iguatu (Posto: Bau) : 105.0 mm

Iguatu (Posto: Iguatu) : 74.0 mm

Campos Sales (Posto: Campos Sales) : 70.0 mm

Cariús (Posto: Angico) : 62.0 mm

Araripe (Posto: Brejinho) : 61.4 mm

Cariús (Posto: São Sebastião) : 61.0 mm

Lavras da Mangabeira (Posto: Mangabeira) : 58.3 mm

Cariús (Posto: Cariús) : 58.0 mm

Morada Nova (Posto: Fazenda Lacraia) : 55.9 mm

Parambu (Posto: Canabrava) : 53.0 mm

 

Com informações: Diário do Nordeste

Perícia identifica oito dos 14 mortos durante tentativa de assalto a bancos em Milagres; seis são reféns

A Secretaria da Seguraça Pública do Ceará confirmou a identificação de 8 das 14 pessoas mortas após um tiroteio entre policiais e criminosos durante uma tentativa de assalto a dois bancos na cidade de Milagres, interior do estado. Das 14 vítimas do tiroteio, seis eram reféns e outras oito são suspeitos de participação da quadrilha que tentou roubar as agências. Três criminosos foram presos.

A tentativa de roubo aconteceu na madrugada desta sexta-feira (7), no Centro de Milagres. De acordo com a Secretaria de Segurança, durante a tentativa de furto cinco criminosos foram baleados nas proximidades das agências e morreram. Outros dois homens foram atingidos por disparos de arma de fogo e foram encaminhados a unidades de saúde da região, mas não resistiram aos ferimentos e morreram no hospital. Um oitavo suspeito foi localizado no município de Barro, no interior do Ceará, onde entrou em confronto com policiais militares, e também faleceu.

A quadrilha levou seis pessoas como reféns, de duas famílias, até o centro de Milagres, onde ficam as agências do Banco do Brasil e Bradesco. Durante o confronto policial, os seis reféns foram baleados e morreram. Destas seis, cinco são os membros de uma família de Serra Talhada (PE) e um de uma família natural de Brejo Santo. Os corpos das cinco pessoas estão sendo sepultados em Serra Talhada, no Sertão de Pernambuco.

Criminosos fizeram reféns em direção a bancos em Milagres — Foto: Arte/G1

Os reféns mortos são:

  • João Batista Campos Magalhães (49), natural de Serra Talhada (PE);
  • Vinícius de Souza Magalhães (14), natural de São Paulo (SP); filho de João Batista;
  • Cícero Tenório dos Santos, 60 anos, natural de Maceió (AL) ;
  • Claudineide Campos de Souza, 41 anos, natural de São José do Belomonte (PE) – mulher de Cícero Tenório;
  • Gustavo Tenório dos Santos, 13 anos, natural São Paulo (SP), filho de Claudineide e Cìcero;
  • Francisca Edneide da Cruz Santos (49), natural de Brejo Santo (CE).

Os suspeitos mortos são:

  • Mackson Junior Serafim da Silva, 26 anos, natural de Capela (SE),
  • Lucas Torquato Loiola Reis, 18 anos, natural de Delmiro Gouveia (AL).
Ida a Juazeiro do Norte
De acordo com familiares, João Batista e o filho Vinícius de Souza tinham ido a Juazeiro do Norte, no Ceará, por volta 21h30, buscar os três parentes que estavam vindo de São Paulo para passar os festejos de fim de ano em Pernambuco. O voo deles chegou na cidade às 23h.
Quando o empresário voltava para Serra Talhada passou pelo local onde estava acontecendo a tentativa de assalto. Os criminosos tomaram o carro e fizeram o empresário, o adolescente e as três pessoas vindas de São Paulo de reféns, conforme informaram os familiares.

O núcleo da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), em Juazeiro do Norte, para onde os corpos foram levados, até as 8h deste sábado, ainda ainda não havia divulgado a identificação das outras pessoas mortas no confronto. A Polícia Civil vai ouvir o depoimento dos detidos para tentar identificar o restante da quadrilha, de acordo com a Polícia Militar de Milagres.

Após o ocorrido, a segurança na cidade Milagres foi reforçada. Agentes do Grupo de Ações Táticas Especial (Gate), do Comando Tático Rural (Cotar), da Força Tática (FT) e do Batalhão de Divisas realizam buscas na região para tentar localizar os outros assaltantes que fugiram após a ação. Equipes da Delegacia de Furtos e Roubos (DRF) e do Departamento de Polícia do Interior Sul (DPI Sul) também colaboram com os trabalhos de investigação.

Madrugada de terror

A quadrilha que tentou assaltar os dois bancos usou um caminhão para bloquear a rodovia BR-116, na altura do quilômetro 495, e fazer reféns. Com isso eles entraram na cidade e trocaram tiros com a polícia. Veja como ocorreu a tentativa de assalto que resultou nas 14 mortes

  • Por volta de 21h30, uma família sai de Serra Talhada, em Pernambuco, para pegar familiares que viajavam de São Paulo para Juazeiro do Norte, no Ceará. João Batista foi junto com o filho, Vinícius, para receber a cunhada, Cleoneide; o marido dela, Cícero Bertolone; e o filho do casal, Gustavo
  • Uma segunda família, de Brejo Santo, no Ceará, também segue a aeroporto de Juazeiro do Norte para receber familiar
  • As duas famílias saem juntas, em dois veículos, de Juazeiro do Norte de volta as suas respectivas cidades, uma para Serra Talhada e outra para Brejo Santo
  • Na BR-116, na altura da ponte sobre o riacho Tamandu, que dá acesso à cidade de Milagres, e trecho em comum de ambas as famílias, criminosos usam um caminhão bloqueando a estrada e faz as duas famílias reféns
  • Oito pessoas, das duas famílias, são levadas como reféns até o centro de Milagres, onde ficam as agências do Banco do Brasil e Bradesco
  • Durante o crime, o pai de um homem identificado como Genário, de Brejo Santo, passa mal, e o filho pede para que ele cuide do pai; ambos são liberados pelos criminosos. A irmã de Genário, Francisca Edenice, continua como refém dos criminosos
  • Os cinco membros da família de Serra Talhada continuam como reféns
  • Policiais militares chegam ao local do crime e trocam tiros com os criminosos. Catorze pessoas morrem, sendo pelo menos seis reféns e pelo menos seis criminosos. Destas seis, cinco são os membros da família de Serra Talhada (PE) e um da família de Brejo Santo.

Com informações: G1 Ceará

Diplomação: Última etapa do processo eleitoral. Dia 10 em Brasília, e 19 no Ceará

No próximo dia 10 de dezembro, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) realizará a sessão solene de diplomação do presidente da República eleito em 2018, Jair Bolsonaro, e de seu vice, general Hamilton Mourão. Na ocasião, a presidente do TSE, ministra Rosa Weber, entregará a ambos os respectivos diplomas eleitorais, documentos que os habilitarão a tomar posse para exercer os mandatos para os quais foram eleitos pela maioria dos brasileiros no pleito geral deste ano.

No Ceará, a diplomação dos eleitos acontecerá no próximo dia 19, no Centro do Eventos, segundo definição dos integrantes do  Tribunal Regional Eleitoral. Serão diplomados o governador Camilo Santana (PT) e a vice Izolda Cela (PDT), os senadores Cid Gomes (PDT) e Eduardo Girão (PROS), 22 deputados federais e 46 deputados estaduais. A posse do governador e da vice-governadora acontecerá no dia primeiro de janeiro, enquanto a dos senadores, deputados federais e estaduais será no dia primeiro de fevereiro.

De acordo com o Glossário Eleitoral, a diplomação é o ato por meio do qual a Justiça Eleitoral, com a entrega dos diplomas devidamente assinados, atesta quem são, efetivamente, os eleitos e seus suplentes. É somente a partir da diplomação que os candidatos se tornam aptos a tomar posse no cargo para o qual foram eleitos.

O diploma é confeccionado e emitido pela Justiça Eleitoral após o encerramento da eleição com a confirmação do resultado das urnas. O documento legaliza, portanto, a posse do candidato no cargo para o qual concorreu e foi eleito, e o legitima a representar a população da circunscrição eleitoral pela qual foi escolhido.

Como dispõe o parágrafo único do art. 215 da Lei nº 4.737/1965 (Código Eleitoral), as seguintes informações deverão constar nos diplomas: o nome do candidato; a indicação da legenda do partido político ou da coligação pela qual o candidato concorreu; o cargo para o qual foi eleito ou a sua classificação como suplente; e, facultativamente, outros dados a critério da Justiça Eleitoral. O documento emitido deverá apresentar código de autenticidade gerado pelo Sistema de Candidaturas após o registro da diplomação.

A sessão de diplomação

A sessão solene de diplomação deve ocorrer até o dia 19 de dezembro do ano da eleição, após a análise das prestações de contas dos candidatos eleitos, porém antes do início do recesso forense, que vai de 20 de dezembro a 6 de janeiro.

A cerimônia é realizada pelo órgão eleitoral competente. Os candidatos eleitos aos cargos de presidente e vice-presidente da República receberão diplomas assinados pelo presidente do TSE. Os eleitos aos demais cargos federais, estaduais e distritais, assim como os vices e suplentes, receberão diplomas assinados pelos presidentes do respectivos tribunais regionais eleitorais.

Por sua vez, nas eleições municipais, a competência para realizar a diplomação é da Junta Eleitoral (se houver mais de uma junta no município, será aquela presidida pelo juiz mais antigo), e o diploma é assinado pelo juiz-presidente.

Conforme explica o assessor-chefe substituto de Cerimonial do TSE, Diego Silva de Oliveira, a entrega dos diplomas aos eleitos marca não só a abertura de prazos importantes para a Justiça Eleitoral – como o início do prazo para o ajuizamento de ações de impugnação da diplomação e de impugnação do mandato eletivo –, mas também o encerramento dos trabalhos da Justiça Eleitoral relativos à eleição recém-concluída.

“A sessão solene de diplomação é o coroamento do trabalho da Justiça Eleitoral. Após a diplomação, temos o sentimento de dever cumprido. É um evento que, quando realizado com êxito, nos deixa muito felizes e satisfeitos. A partir daí, a Justiça Eleitoral cumpriu a sua função de conduzir todo o processo eleitoral brasileiro e pode passar a responsabilidade para os poderes competentes pela cerimônia de posse dos eleitos”, destaca.

 

Com informações: Edison Silva / TSE

Presidente do TCE apresenta números da atuação da Corte

O conselheiro Edilberto Pontes, presidente do Tribunal de Contas do Estado (TCE) do Ceará, apresentou ontem, como vem fazendo nos últimos anos, uma prestação de contas das atividades da Corte de Contas estadual no decorrer deste ano. Os números são bem maiores, em relação aos anteriores, em razão de já haver completado um ano da absorção pelo TCE das competências atribuídas ao extinto Tribunal de Contas dos Municípios, responsável, quando da sua existência, pelo controle externo das atividades municipais.

O Tribunal de Contas do Ceará, no contexto nacional, é um dos mais modernos e eficientes, também em razão das suas parcerias com o fim de melhor exercer o seu mister, no caso, a fiscalização quanto à boa aplicação dos recursos públicos, sem descuidar da devida orientação aos gestores municipais e estaduais, muitos deles até com bons propósitos, mas sem o devido preparo para o cumprimento das normas legais.

No encontro de hoje do presidente do TCE, outros conselheiros e procuradores com jornalistas, quando os números foram apresentados, Edilberto anunciou a criação de um Conselho, dentro do novo projeto de Governança daquele Tribunal, integrado por pessoas representativas da sociedade cearense, como mais um canal de transparência, assim como poder  discutir  ações da Corte de Contas e sugerir medidas para mais abrangente ainda ser o controle externo que o Tribunal executa.

 

Com informações: Edison Silva

Chuva de 178 milímetros em Farias Brito destrói ruas em diversos bairros e causa estragos

A chuva de 178,0 milímetros registrado na cidade de Farias Brito, na Região do Cariri do Ceará, é a maior precipitação do ano fora da quadra chuvosa, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme). As outras grandes precipitações ocorreram na quadra chuvosa entre os meses de janeiro e abril de 2018.

Ainda segundo a Funceme, a chuva das últimas 24 horas no município caririense é a terceira maior do ano. Fica atrás apenas das duas chuvas que caíram no município de Icapui, Litoral Leste, que registrou no dia 13 de abril precipitações de 255,00 e 179,0 milímetros respectivamente.

As precipitações em Farias Brito tiveram início durante a madrugada e se estenderam por cerca de quatro horas. Com a intensidade das chuvas, algumas barragens sangraram. Estradas que dão acesso a várias comunidades ficaram destruídas. A praça principal da cidade ficou coberta de lama.

O funcionário público, Francisco Batista Filho, disse que teve que quebrar parte do muro da sua residência para a água poder descer. “Tive que quebrar parte do muro para água poder descer. Abrir dois buracos. Tinha subido ainda mais dentro de casa. Não sei se a geladeria está funciona. Vou ter que verificar”, disse.

De acordo com o secretário de Infraestrutura de Farias Brito, Cícero Edno de Oliveira, a prefeitura trabalha na manhã desta quinta-feira para limpar o canal da cidade e realizar a limpeza de ruas e avenidas. Como também auxiliar algumas famílias.

“A prefeitura já vem trabalhando ao longo tempo porque essa situação é preocupante. Observamos como as pessoas daqui estão sofrendo com isso. Foi uma chuva que eu acho que foi a maior de toda a história. Nosso relevo é muito propício a enchentes. Estamos realizando um projeto de desapropriação do canal  para melhorar o escoamento da água. Apoio as famílias e visitando as casas. Nossa prioridade é fazer a limpeza das ruas e praças a fornecer apoio para as famílias”, disse.

Chuvas em outras regiões

Segundo a Funceme, choveu em pelo menos 99 dos 184 municípios cearenses.Também choveu com intensidade em Arneiroz (74,5 mm), Catarina (73,0 mm), Novo Oriente (70,0 mm), Independência (70.0 mm), Santana do Acaraú (68,8 mm), Crato (62,0 mm), Crateús (58,0 mm), Altaneira (46,0 mm) e Barro (45,8 mm).

Na Região Central e Inhamuns houve chuva em todos os 23 municípios, sendo a maior em Arneiroz. Na Região da Ibiapaba aconteceram precipitações em todas as 14 cidades. O maior registro foi em Ipaporanga, com 30,0 mm. Essas regiões foram as que mais registraram índices de precipitações.

Pré-Estação Chuvosa

Tais registros acontecem por influência de áreas de instabilidade sobre o Piauí e associadas à presença de uma Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), que é uma banda de nebulosidade e precipitação com orientação noroeste-sudeste, indo desde o sul e leste da Amazônia até o sudoeste do Oceano Atlântico Sul.

Além da continuidade da ZCAS, a Funceme identifica, por meio da análise de imagem de satélite e previsão de modelos numéricos, a presença de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) sobre o oceano Atlântico e próximo à costa leste do Nordeste.

Assim com o Cavado de Altos Níveis (CAN) observado no último fim de semana, áreas de nebulosidade e, consequentemente, chuvas são proporcionadas na área da borda deste sistema. Ambos os sistemas são típicos da Pré-Estação, que vai até o fim de janeiro no Ceará.

 

Com informações: Diário do Nordeste

Apagão atinge cidades do interior do Ceará

Pelo menos seis cidades da região Norte do Ceará e da Serra da Ibiapaba sofreram apagão no início da noite desta terça-feira (4). A interrupção de energia elétrica começou por volta das 18h20. A EneL informou que o problema foi causado por um desligamento na subestação da Chesf.

As cidades afetadas foram Sobral, Barroquinha, Acaraú, Viçosa do Ceará, Granja e Mucambo. De acordo com a companhia, por volta de 18h50 o fornecimento foi totalmente normalizado.

A Enel afirmou, ainda, que está avaliando as causas, juntamente com a Chesf.

Com informações: G1 Ceará

Prorrogado o prazo de vacinação do rebanho contra a febre aftosa

O encerramento do prazo para a vacinação contra a febre aftosa, inicialmente previsto para primeiro de dezembro, foi adiado para o próximo dia 10. Esta segunda fase da campanha de vacinação contra é obrigatória para todos os bovinos e bubalinos, na faixa etária de até 24 meses.

No mesmo período, os criadores estão obrigados a fazer a declaração de todos os animais, de qualquer idade, para atualização cadastral na Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri), a informação é do coordenador estadual da campanha de vacinação contra a febre aftosa, Joaquim Sampaio Barros.

A meta superior a 90% permite estabelecer uma barreira imunológica capaz de preservar o rebanho, protegendo da doença para que o estado continue livre da febre aftosa com vacinação.

Joaquim Sampaio esclarece ainda que a campanha de vacinação do rebanho precisa acontecer ainda nos dois períodos definidos pelo Ministério da Agricultura (maio e novembro) para conseguir, a curto prazo ser zona livre de aftosa sem vacinação.

O Brasil recebeu, em Paris, o certificado de zona livre de febre aftosa com vacinação, outorgado pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e precisa manter o calendário de vacinação para continuar com a possibilidade de exportar para Europa, África e Ásia os produtos de origem bovina.

 

Com informações: ASCOM do Governo do Estado do Ceará