Goleada de campeão

Agora sim, o torcedor tricolor pode dizer que a festa está completa. Centenário, acesso para a elite do Brasileirão e título da Série B. Só faltava o troféu de campeão, levantado na noite de ontem. A entrega ocorreu em grande estilo, após o Fortaleza vencer com tranquilidade o Juventude por 4 a 1 (Gols de Marlon (2) e Gustavo (2) para o Fortaleza, enquanto Hugo Sanchez descontou para o Juventude) e diante de mais de 57 mil torcedores na Arena Castelão, no jogo que marcou ainda a despedida oficial do Leão diante da torcida nesta temporada.

Com o resultado o  Fortaleza chegou aos 71 pontos na Série B e encerrará sua participação contra o Coritiba, na próxima sexta, às 18h15min, no estádio Couto Pereira, em Curitiba.

Após o fim do jogo, o palco da festa foi montado no gramado para o momento mais esperado da noite: a entrega do troféu, erguido pelo capitão Marcelo Boeck. Sem invadir o campo, o torcedor ficou no estádio para celebrar com os jogadores, com a tradicional volta olímpica.

Times

Fortaleza 4-2-3-1: Marcelo Boeck, Tinga, Jussani, Ligger, Bruno Melo; Felipe, Nenê Bonilha (Éderson); Marlon, Dodô (Rodolfo), Marcinho (Romarinho); Gustavo. Técnico: Rogério Ceni

Juventude 4-3-3: Douglas Silva; Vidal, Wagner, Neuton e Esquerdinha; Felipe Mattioni (Felipe Lima), Diones e Leandro Lima (Choco); Denner, Hugo Sanchez, Douglas Kemmer (Amaral) e Dener. Técnico: Luiz Carlos Winck

Local: Castelão, em Fortaleza-CE

Data: 15/11/2018

Árbitro: Rodrigo Batista Raposo/DF Assistentes: José Reinaldo Júnior/DF e Luciano Benevides de Sousa/DF

Cartões amarelos: Diones, Vidal e Neuton (J)

Público: 57.223 pagantes

Renda: R$ 1.249.237

Gols: Hugo Sanchez aos 8 do 1º tempo (J); Marlon aos 9 do 1º T e aos 44 do 2 T; Gustavo aos 21 e aos 33 do 1ºT (F).

Ceni diz que emoção é maior em ser campeão como técnico

Após a partida, o técnico Rogério Ceni admitiu ter uma emoção maior sendo campeão como treinador do que jogador, e fez questão de exaltar a torcida do Tricolor.

“A emoção é a mesma de quando eu fui campeão brasileiro como atleta. Aliás, até maior, porque você consegue botar o teu trabalho em prática e ver o sucesso final. Eu acho que é muito do talento do jogador, da cabeça boa de cada atleta. Eles são os grandes astros do espetáculo”, disse o treinador.

A diretoria do clube tem a intenção de continuar com Ceni para a Série A no ano que vem. No entanto, o comandante ainda não se manifestou sobre a sua decisão. O ex-goleiro teme que não consiga dar as mesmas alegrias que deu este ano para a torcida.

“Em 2019, a gente dificilmente consegue entregar para eles uma festa desse tamanho. É o ano do Centenário. Fechamento do ano com título. E você tem que pesar. Nós deixamos uma história tão bacana. Não conseguir repetir essa história é até certo ponto frustrante. Claro que o objetivo final do Fortaleza deve ser permanecer mais tempo em uma Série A, se estruturar mais, mas às vezes é constrangedor você não ter força para brigar por um título”, afirmou Ceni.

 

Com informações: O Povo

De olho na renovação, presidente do Fortaleza quer implantar o ‘Padrão Ceni’ desde as categorias de base do clube

Depois de cumprir e bem as suas metas para o fim desta temporada, com a conquista do acesso e dotítulo da Série B, o Fortaleza começa a olhar para 2019. E a diretoria do clube já sabe qual é a primeira e mais desafiadora missão que tem pela frente: lutar pela permanência de Rogério Ceni. Em entrevista nesta terça-feira (13), o presidente tricolor, Marcelo Paz, revelou que um dos trunfos para convencer o treinador a renovar o contrato é a implantação do “Padrão Ceni’ em todas as divisões de base do Leão.

 

“Algo que nós vamos propor a ele é a criação do Padrão Ceni de futebol, que é fazer com que o modelo que ele enxerga no futebol seja implantado desde as categorias de base. Fazer com que o Fortaleza tenha o método de trabalho dele em todas as divisões, para que quando o atleta chegar ao profissional já saiba como o clube trabalha, assim como o Barcelona fez com o Cruyff. Vamos propor isso e no tempo certo vamos conversar para discutir a renovação. Ele (Rogério Ceni) é a nossa prioridade”, cravou Paz.

Outro ponto que será colocado na negociação é o tempo de contrato. “Se ele (Ceni) quiser um contrato com mais tempo, estou disposto a dar. Ele se adaptou bem ao clube. Já sinalizamos o desejo de renovar contrato com ele há mais de um mês, até para acabar com qualquer tipo de especulação. Veremos tudo o que ele tem a dizer, sobre tempo de contrato, condições. Tenho certeza de que o Fortaleza será o primeiro clube que ele vai ouvir”, afirmou.
Rogério Ceni, por sua vez, deixou o futuro em aberto, mas disse em entrevista recente que pensa nisso todas as noites. No último domingo, ao término da carreata da comemoração do título da Série B, no Aterro da Praia de Iracema, a torcida gritou “Fica, Rogério!”.

Com informações: O Povo

TV Verdes Mares irá transmitir a partida entre Avaí/SC x Fortaleza no sábado (10)

A partida do próximo sábado (10) entre Avaí/SC e Fortaleza, no estádio Ressacada, pela 36ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro será transmitida ao vivo pela TV Verdes Mares, com narração de Kaio Cézar e comentários de Juscelino Filho, a partir das 16h30 (horário da capital cearense).

Líder isolado da competição com 65 pontos e com acesso já garantido, o Tricolor do Pici pode se sagrar campeão na capital catarinense em caso de vitória sobre o time do técnico Geninho.

Em quarto lugar com 57 pontos, três a mais que o Londrina/PR com 54, o time de Florianópolis precisa da vitória para seguir dentro do G4, zona de classificação para à elite do futebol nacional.

Em jogo válido pelo primeiro turno, na 17ª rodada da Segundona, os times empatados por 1 a 1, na Arena Castelão. O Tricolor abriu o placar aos três minutos do primeiro tempo com o meia Dodô e a equipe de Santa Catarina empatou aos 35 do segundo com Guga.

Fortaleza reduz preço dos ingressos para jogo contra o Juventude

Em reunião de providências para a partida Fortaleza e Juventude/RS, marcado para o dia 15 de novembro, às 17h15 (hora de Fortaleza), dirigentes do clube e demais autoridades envolvidas no espetáculo decidiram reduzir em 20% o valor do preço dos ingressos a serem praticados nesse compromisso, o último pela Série B de 201’8 na capital cearense.

De acordo com o diretor de operação de jogo do clube e representante do Leão junto à Federação Cearense de Futebol (FCF), Tahim Fontenele, foi solicitada a carga máxima de ingressos para a Arena Castelão: 57.223 entradas.

“Nós procuramos baratear um pouco mais para o torcedor. Embora precisando de dinheiro para arcar com os compromissos assumidos na reta final de Brasileiro, procuramos contemplar os torcedores que ainda não puderam ir ao estádio”, disse o dirigente.

Tahim disse ainda que, no domingo, o retorno da delegação do Fortaleza, vindo de Santa Catarina, após o jogo contra o Avaí, ocorrerá por volta das 15 horas. “Caso venhamos a ganhar o título da Série B, por uma combinação de resultados ou viermos a vencer, procuraremos acomodar a nossa torcida no Aterro da Praia de Iracema, para que não haja problemas com outros eventos ocorrendo no mesmo horário, como jogo do Ceará contra o Internacional/RS e o Enem,”, completou.

Com os ingressos já disponíveis para compra em diferentes pontos, o Tricolor vendeu 4.543 bilhetes.

Veja a tabela de preços abaixo.

Cadeiras superiores, central e Sul: R$40 inteira e R$20 a meia Inferior, Suil e Norte: R$40 inteira e R$20 a meia

Inferior Central (Bossa Nova): R$50 inteira e R$25 meia

Especial: R$60 inteira e R$30 meia

Setor Premium: R$150 inteira e R$75 meia

 

Com informações: Diário do Nordeste

Fortaleza vence Atlético-GO, confirma acesso à Série A e pode ser campeão na terça-feira

O torcedor tricolor é só alegria: o acesso à elite do futebol brasileiro foi confirmado matematicamente e, depois de 12 anos, o Fortaleza volta à Série A do Campeonato Brasileiro. Dependendo de uma vitória e de outros dois resultados para confirmar o acesso ainda neste sábado, 3, na 34ª rodada da Série B, deu tudo certo para o Leão. Vila Nova empatou com o Paysandu na sexta-feira, 2, o Londrina também não conseguiu superar o Avaí, e o Tricolor do Pici venceu o Atlético Goianiense por 2 a 1.

Com gols de Gustagol e Bruno Melo, para o Fortaleza, e um gol de João Paulo, aos 48 do segundo tempo para o Dragão, o Leão chegou a 64 pontos na partida no Estádio Antônio Accioly, em Goiânia. Líder, o Fortaleza está sete pontos à frente do segundo colocado, o CSA, e à dez pontos do quarto lugar, o Goiás – o último do G4. O Fortaleza conquista o acesso com quatro partidas de antecedência. Na próxima partida, na terça, 6, na Arena Castelão, o Fortaleza poderá já confirmar o título da Série B – caso ganhe do CSA, e o Avaí não vença o Atlético-GO. Com 51 pontos, o Dragão está na sétima posição da tabela.  Com o resultado o Fortaleza sacramenta a temporada excepcional e carimba a ida para a Série A em 2019.

Com grupo unido e equilibrado, Fortaleza foi implacável na Série B (Foto: O Povo)

A campanha do acesso: domínio do começo ao fim

Irretocável. Essa é a palavra que melhor resume a campanha do Fortaleza na Série B do Campeonato Brasileiro de 2018. O Leão esteve no G4 de ponta a ponta na competição e foi além. Das 34 rodadas que precisou para confirmar acesso antecipado à elite do futebol brasileiro, liderou 32, sendo 30 de modo consecutivo. Está na história como o time nordestino que por mais tempo geral e consecutivo ocupou o 1º lugar da Segundona.
Em números absolutos, são 34 jogos, 19 vitórias,sete empates e oito derrotas, o que dá um aproveitamento de 62,7%. O Leão tem o segundo melhor ataque da competição, com 48 gols marcados – além do vice-artilheiro do certame, Gustavo, com 12 tentos – e a terceira defesa menos vazada, com apenas 30 gols sofridos, o que dá um saldo de 18.
O fator casa fez a diferença para o Leão. Na condição do mandante, o Tricolor faturou 62,7% da pontuação que garantiu o acesso. Trocando em miúdos, 39 dos 64 pontos foram conquistados dentro do Castelão, local no qual o Fortaleza fez 17 jogos e obteve 13 triunfos (três empates e duas derrotas).
Lá fora também fez bonito. Com a mesma quantidade de partidas que disputou em casa, venceu sete – incluindo o jogo contra o Atlético-GO, que marcou a ascensão para a Série A -, empatou seis e perdeu quatro. Ao todo, até a 34ª rodada, arrancou 25 pontos em domínios adversários.
Durante todo o certame, o Leão passou apenas por dois momentos de crise, um em cada turno, resultado, em ambas as vezes, de quatro partidas consecutivas sem vitória (entre a 14ª e 17ª rodadas, depois entre a 24ª e 27ª rodadas). Ainda assim, nenhum concorrente teve forças para derrubar o Tricolor da liderança.
O Fortaleza tem a segunda melhor campanha de um time do Nordeste na história da Série B até a 34ª rodada (fica atrás apenas do Vitória, em 2012) e pela primeira vez logra um acesso numa competição de pontos corridos, de quebra com quatro rodadas de antecedência.
 
Fortaleza – campanha até o acesso:
64 pontos
19 vitórias
7 empates
8 derrotas
48 gols marcados
30 gols sofridos
Fortaleza como mandante (39 pontos conquistados):
17 jogos
12 vitórias
3 empates
2 derrotas
15 gols marcados
6 gols sofridos
Fortaleza como visitante (25 pontos conquistados):
17 jogos
7 vitórias
4 empates
6 derrotas
19 gols marcados
16 gols sofridos
Resultados do Leão na Série B de 2018:
1ª rodada – Fortaleza 2×1 Guarani/SP
2ª rodada – Boa Esporte 0x2 Fortaleza
3ª rodada – Fortaleza 3×1 CRB
4ª rodada – Londrina 1×1 Fortaleza
5ª rodada – Fortaleza 3×1 Goiás
6ª rodada – Figueirense 1×3 Fortaleza
7ª rodada – Fortaleza 2×0 Criciúma
8ª rodada – Fortaleza 1×0 Sampaio Corrêa
9ª rodada – VIla Nova 0x0 Fortaleza
10ª rodada – São Bento 2×1 Fortaleza
11ª rodada – Fortaleza 2×0 Brasil/RS
12ª rodada – Fortaleza 1×2 Oeste
13ª rodada – Paysandu 0x1 Fortaleza
14ª rodada – Ponte Preta 2×0 Fortaleza
15ª rodada – Fortaleza 0x1 Atlético/GO
16ª rodada – CSA 0x0 Fortaleza
17ª rodada – Fortaleza 1×1 Avaí
18ª rodada – Juventude 0x3 Fortaleza
19ª rodada – Fortaleza 2×1 Coritiba
20ª rodada – Guarani 2×3 Fortaleza
21ª rodada – Fortaleza 2×1 Boa Esporte
22ª rodada – CRB 2×1 Fortaleza
23ª rodada – Fortaleza 2×1 Londrina
24ª rodada – Goiás 3×1 Fortaleza
25ª rodada – Fortaleza 2×2 Figueirense
26ª rodada – Criciúma 2×0 Fortaleza
27ª rodada – Sampaio Corrêa 1×0 Fortaleza
28ª rodada – Fortaleza 2×0 Vila Nova
29ª rodada – Fortaleza 2×1 São Bento
30ª rodada -Brasil/RS 0x1 Fortaleza
31ª rodada – Oeste 0x0 Fortaleza
32ª rodada – Fortaleza 1×0 Paysandu
33ª rodada – Fortaleza 1×1 Ponte Preta
34ª rodada – Atlético-GO 1×2 Fortaleza

Com informações: O Povo