Públicos de Ceará e Fortaleza superam – e muito – médias das Séries A e B do Campeonato Brasileiro

 

Com 15 jogos realizados como mandante na Série B do Campeonato Brasileiro, o Fortaleza tem média de 22.273 pagantes, liderando com folga o ranking da competição. Em segundo lugar, com uma diferença enorme, está o CSA, média de 8.643 pagantes. A média de público da Segundona é muito baixa. São apenas 4560 torcedores por partida. O Fortaleza, portanto, tem praticamente cinco vezes mais público do que a média da competição, marcada basicamente por jogos com baixíssima taxa de ocupação nos estádios.

 

Na Série A, o Ceará detém a sexta melhor média após ter atuado 15 vezes em casa. São 23.295 pagantes por jogo. O Alvinegro, que chegou a mandar jogos no PV mas depois retornou ao Castelão, perde apenas para Flamengo, São Paulo, Palmeiras, Corinthians e Internacional. A média da primeira divisão do Campeonato Brasileiro é de 18.551 torcedores por partida. Assim, o Ceará tem quase cinco mil torcedores a mais por encontro do que a média registrada na competição.

 

Com informações: Blog Futebol do Povo

 

 

Marta é eleita a melhor jogadora de futebol do mundo pela sexta vez

A brasileira Marta foi eleita a melhor jogadora de futebol do mundo pela sexta vez. O prêmio foi entregue hoje (24) na cerimônia The Best, promovida pela Federação Internacional de Futebol (Fifa). A atacante já havia sido premiada com a mesma honraria em 2006, 2007, 2008, 2009 e 2010. Com isso, passou a deter, isoladamente, o maior número de títulos de melhor atleta de futebol do mundo, entre homens e mulheres. Ela passou Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, ambos com cinco troféus.

Na votação deste ano, Marta superou a norueguesa Ada Hegerberg e a alemã Dzenifer Marosán. Marta foi ao palco emocionada para receber o prêmio. “É um momento fantástico. E as pessoas falam para mim: você já esteve nessa posição tantas vezes e todas as vezes você se emociona. Realmente. Eu faço isso porque isso representa muito para mim. É um momento mágico. Obrigada”.

Marta agradeceu às companheiras do Orlando Pride (EUA), clube que defende desde o ano passado, e da seleção brasileira. Agradeceu também a Deus e a todos que a escolheram como a melhor do esporte entre as mulheres. Marta tem 32 anos e é o principal nome da seleção brasileira desde 2003, quando conquistou a medalha de ouro nos jogos Pan-Americanos de Santo Domingo, além da Copa América.

Modric é eleito o melhor jogador do mundo pela Fifa

Modric e Marta levam prêmio da Fifa

O meio-campista croata Luka Modric foi escolhido o melhor jogador de futebol do mundo. A premiação ocorreu hoje (24) na cerimônia The Best, promovida pela Fifa. O croata interrompe uma série de dez anos na qual o prêmio se revezava entre as mãos do português Cristiano Ronaldo e o argentino Lionel Messi. Na premiação, Modric teve que superar o português e o egípcio Mohamed Salah.

Modric recebeu o prêmio das mãos do presidente da Fifa, Gianni Infantino, e afirmou que os sonhos se realizam para aqueles que trabalham duro, com dedicação e fé. “É uma grande honra ganhar esse troféu incrível. Esse prêmio mostra que todos podem se tornar os melhores com trabalho duro, dedicação e fé. Todos os sonhos podem se tornar realidade”.

Modric também agradeceu aos companheiros do Real Madrid, clube que defende, e a todos os treinadores para quem já jogou. O meio-campista ainda prestou um tributo à seleção croata de 1998, que ficou em terceiro lugar na Copa do Mundo. Segundo ele, aquela seleção inspirou o time de 2018, que chegou à final da Copa. “Aquele time nos fez acreditar que poderíamos alcançar algo grande na Rússia”.

A escolha de Modric foi alavancada pelo título do Real Madrid na UEFA Champions League, a maior competição de clubes da Europa, na última temporada, mas, sobretudo, pela campanha da Croácia na Copa do Mundo. Mesmo com jogadores de alto nível, a Croácia não era tida como uma das favoritas para chegar à final. No entanto, superou seleções como Argentina, Inglaterra e a anfitriã Rússia, que também vinha fazendo um excelente mundial.

A Croácia perdeu a final para a França, mas o desempenho da seleção, e de Modric, foram devidamente reconhecidos. Na ocasião, o atleta recebeu o prêmio de melhor jogador da Copa.

Com informações: Agência Brasil

Ceará: restando 13 jogos, conheça os cálculos para o time permanecer na Série A em 2019

Com 27 pontos em 25 jogos disputados, o Ceará segue na briga contra o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro. O time ocupa atualmente a 16º colocação, podendo cair uma posição e voltar para a zona de rebaixamento caso a Chapecoense derrote o Inter, nesta segunda, em Santa Catarina.

Independente do resultado da partida que fecha a rodada 25, entretanto, a conta para que o clube siga na primeira divisão segue a mesma: com 43 pontos, de acordo com o site Chance de Gol, o time atinge 95% de possibilidades de permanência. Com 44 pontos o número sobe para 99%.

Os números dos matemáticos da Universidade Federal de Minas Gerais são ligeiramente menos otimistas. Pelos dados da UFMG, com 44 pontos o time tem 95% de chance de escapar do rebaixamento. Com 43 pontos, a possibilidade de permanecer é de 83%.

Assim, com mais 17 pontos nos 13 jogos restantes – que poderiam ser somados, por exemplo, com cinco vitórias e dois empates ou seis vitórias – o Alvinegro chega aos 44 e fica muito perto de disputar a primeira divisão em 2019.

As partidas que restam para o Ceará na Série A, lembrando que a equipe tem hoje a quarta melhor campanha do segundo turno, com 61,1% de aproveitamento, diante de 28,1% do primeiro turno:

Grêmio x Ceará
Ceará x Chapecoense
Cruzeiro x Ceará
Ceará x Botafogo
Palmeiras x Ceará
Ceará x Atlético-MG
Sport x Ceará
Ceará x Inter
Bahia x Ceará
Fluminense x Ceará
Ceará x Paraná
Atlético-PR x Ceará
Ceará x Vasco

Com informações: Blog Futebol do Povo

Fortaleza: restando 11 jogos, conheça os cálculos para o time subir para a Série A

Líder da Série B com 47 pontos, o Fortaleza segue na briga por uma das quatro vagas no Campeonato Brasileiro da Série A em 2019. A equipe fez um primeiro turno excelente, com 64,9% de aproveitamento e agora detém 41,7% dos pontos somados no segundo turno.

De acordo com o site Chance de Gol, caso a equipe chegue aos 63 pontos ela fica com 95% de possibilidade de acesso. Chegando aos 64 pontos, o número que passar a ser considerado é de 99%.

Os números dos matemáticos da Universidade Federal de Minas Gerais são ligeiramente mais otimistas. Pelos dados da UFMG, com 61 pontos o time fica com 95% de possibilidade de subir para a Série A. Caso faça 63 pontos, a probabilidade passar a ser de 99,6%.

Assim, para atingir o patamar mais seguro – 64 pontos – o Fortaleza precisa de mais 17 pontos, que poderiam ser somados com cinco vitórias e dois empates ou seis vitórias.

Partidas que restam para o Fortaleza na Série B:

Fortaleza x Vila Nova
Fortaleza x São Bento
Brasil x Fortaleza
Oeste x Fortaleza
Fortaleza x Juventude
Fortaleza x Paysandu
Fortaleza x Ponte Preta
Atlético-GO x Fortaleza
Fortaleza x CSA
Avaí x Fortaleza
Coritiba x Fortaleza

Com informações: Blog Futebol do Povo

Fortaleza de olho na Taça

Depois de deixar de ganhar milhões este ano na agora milionária Copa do Brasil, o Fortaleza pode voltar à competição em grande estilo próximo ano, com vaga direta às oitavas de final e verba alta em caixa asseguradas. Para garantir o privilégio, o Tricolor precisa não só carimbar o acesso para a Série A do Brasileiro, mas ser campeão da Segundona.

Fora o título, o Leão precisaria torcer para que a Sul-Americana e a Libertadores não sejam conquistadas por duas equipes brasileiras em 2018. Caso ocorra de as taças ficarem em solo tupiniquim, a Liberta de 2019 teria nove representantes. Desta forma, o classificado para a Copa do Brasil via Segundona entraria no torneio na 1ª fase.

Começando nas oitavas, o Fortaleza já teria assegurada cota inicial de R$ 2,4 milhões antes mesmo de entrar em campo. Para chegar a esta fase, o participante do certame precisa passar por quatro fases.

Em 2018, o Tricolor viu equipes do futebol cearense faturando alto no torneio nacional. O clube deixou de participar da Copa do Brasil por não ter garantido vaga para a competição, em 2017, quando foi eliminado nas semifinais do Estadual e perdeu a final da Fares Lopes para o Floresta.

Para se ter uma ideia, o Ferroviário, que chegou até a 4ª fase da Copa do Brasil 2018, embolsou R$ 4,3 milhões em cotas, quantia fundamental para a reestruturação do clube e da formação do elenco que conquistou a Série D. O Ceará, eliminado na 3ª fase, ganhou R$ 3,23 milhões. Já o Floresta colocou em seus cofres cerca de R$ 500 mil ao participar de um único jogo, tendo em vista a eliminação precoce na 1ª fase.

Lembrando que o Fortaleza já está classificado para a Copa do Brasil 2019 por ter chegado à final do Cearense deste ano, quando perdeu para o rival Ceará. Entretanto, o desempenho na Série B deu combustível para o clube sonhar com algo maior: o título.

Apesar da má fase atual, com três jogos sem vencer, o Tricolor é quem tem a maior probabilidade de ser o campeão da Série B. Segundo o site especializado em estatísticas futebolísticas Chance de Gol, o Fortaleza tem 51,7% de chances de levantar a taça do torneio. O acesso é tido como praticamente certo de acontecer, com uma porcentagem de 91,2%, conforme a página.

A equipe comandada por Rogério Ceni é líder da Série B com 47 pontos em 26 rodadas disputadas. Desde a 5ª rodada, o escrete do Pici se mantém no posto mais alto da tabela. O próximo desafio do Tricolor é amanhã, às 21h30min, contra o Sampaio Corrêa, no Castelão-MA. O adversário é o lanterna da Segundona e não vence em casa há sete partidas.

Com informações: O Povo

Conheça Everton, o cearense convocado para a Seleção Brasileira

Tem cearense na lista. Na manhã desta sexta-feira, 17, o técnico Tite divulgou convocação de atletas para os amistosos contra contra os Estados Unidos e El Salvador, em setembro, nos dias 7 e 11, respectivamente.

Uma das grandes surpresas foi o cearense Everton, de 22 anos, que defende as cores do Grêmio. O atleta natural de Maracanaú foi revelado pelas categorias de base do Fortaleza e mesmo sem estrear pelo profissional, foi contratado pelo clube gaúcho em 2013.

Desde então, o garoto tem despontado e hoje é um dos principais destaques do time de Renato Portaluppi. São 40 gols ao todo, além de ser fundamental em assistências. Recentemente foi sondado por clubes europeus como Machester City (ING), Lazio (ITA) e Olympique Maseille (FRA), mas acertou sua renovação até 2020, com salário de R$ 50 mil mais bonificações em caso de conquistas, além de uma multa rescisória que gira em torno de  R$ 130 milhões. As negociações para nova ampliação já começaram. O Fortaleza, como clube formador, tem 10% dos direitos econômicos do atleta.

Na atual temporada, o atleta já atingiu a marca de 12 gols, o mesmo número em relação à temporada passada completa. Everton se consolidou no ataque gremista e tem sido a principal “válvula de escape” do Tricolor. Além de ter a maior média de finalizações do Brasileirão, é também o artilheiro do clube gaúcho na competição e no ano e tem o maior número de assistências no nacional.

A convocação é fruto de tudo que Everton tem construído em sua precoce carreira. Ele se junta a um grupo novo e de várias outras promessas como Lucas Paquetá, do Flamengo, e Pedro, do Fluminense. O atacante é o 11º cearense chamado para a defender as cores do Brasil. Dudu Cearense, Jônatas, Jardel, Adriano, Mirandinha, Zé de Melo, Geroldo, Babá, Osvaldo e Wendell já representaram o estado no selecionado nacional.

Com informações: O Povo

Tite convoca Seleção para amistosos em Setembro

Ciclo novo, novas caras. O técnico Tite fez jus à expectativa de novidades na seleção brasileira e divulgou a primeira convocação depois da Copa do Mundo na manhã desta sexta-feira, para os amistosos contra Estados Unidos e El Salvador, com jovens jogadores e nomes que não vinham aparecendo nas últimas listas, alguns inéditos. Dentre os quais Lucas Paquetá, Hugo, Dedé, Felipe, Fabinho, Andreas Pereira e Everton.

A seleção brasileira enfrenta Estados Unidos e El Salvador nos dias 7 e 11 de setembro, respectivamente. Ambos os jogos serão realizados nos EUA, em Nova Jersey e Washington, respectivamente.

Ao lado de Edu Gaspar, coordenador de seleções da CBF, Tite anunciou a convocação na sede da entidade na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio de Janeiro. Antes da lista, no entanto, ficaram definidos dois pontos importantes:

  • O goleiro Ederson, do Manchester City, seria convocado, mas ficou fora por “motivos pessoais”.
  • Para não prejudicar no Brasileiro e nas semifinais da Copa do Brasil, apenas um titular por clube brasileiro foi convocado.

Procurei ser o mais justo possível. Minha responsabilidade é com a Seleção, mas também tenho que olhar o outro lado. Tentei equilibrar isso chamando apenas um de cada grupo. Eu tenho que dar a oportunidade aos atletas que merecem isso. Colocamos esse critério. Talvez forçar a convocação de um atleta do Palmeiras deixasse tudo igual, mas não quis deixar de dar a oportunidade ao Fred, por exemplo – explicou.

Procuro ser educado e ético, mas não politicamente correto. Eu começo a olhar por essa ótica. O Fabinho tem seis Champions. É a oportunidade. Dedé arrebentou em dois jogos, está em um ótimo momento. Arthur, por si só, havia sido convocado, retoma um padrão para dar continuidade. O Andreas foi muito utilizado na base, tem dupla cidadania. Ele belga, os pais brasileiros. Jogando no United em alto nível. É o momento para a oportunidade – completou ele.

O Flamengo teve dois jogadores na lista. É que Hugo, de 19 anos, titular dos juniores da equipe rubro-negra, e sua convocação, no entendimento da comissão técnica da Seleção, não causará prejuízo à equipe carioca. Os outros brasileiros que vão ceder jogadores são Cruzeiro (Dedé), Corinthians (Fagner), Fluminense (Pedro) e Grêmio (Everton).

O Palmeiras foi o único semifinalista da Copa do Brasil sem representante na lista. Flamengo, Cruzeiro e Corinthians dificilmente terão seus respectivos jogadores no primeiro jogo, marcado para 12 de setembro, dia seguinte aos amistoso contra El Salvador em Washington.

Outra grande novidade é a presença de Andreas Pereira. Filho de brasileiros, mas nascido na Bélgica, o volante de 22 anos do Manchester United jamais havia sido convocado por ambas as seleções principais.

Os amistosos contra Estados Unidos e El Salvador fazem parte da preparação para a Copa América no Brasil, que acontece nos meses de junho e julho do ano que vem. As próximas convocações já tem data para acontecer: dias 21 de setembro e 26 de outubro.

Confira a lista:

  • Goleiros: Alisson (Liverpool), Hugo (Flamengo), Neto (Valencia).
  • Defensores: Alex Sandro (Juventus), Dedé (Cruzeiro), Fabinho (Liverpool), Fagner (Corinthians), Felipe (Porto), Filipe Luís (Atlético de Madrid), Marquinhos (PSG), Thiago Silva (PSG).
  • Meio-campistas: Andreas Pereira (Manchester United), Arthur (Barcelona), Casemiro (Real Madrid), Fred (Manchester United), Lucas Paquetá (Flamengo), Philippe Coutinho (Barcelona), Renato Augusto (Beijing Guoan).
  • Atacantes: Douglas Costa (Juventus), Everton (Grêmio), Roberto Firmino (Liverpool), Neymar (PSG), Pedro (Fluminense), Willian (Chelsea)

Com informações: Globo Esporte.com

Canais Esporte Interativo deixarão de existir nos próximos dias

A Turner, empresa que detém os direitos sobre a marca Esporte Interativo removerá os canais nos próximos 40 dias de todas as operadoras de TV por assinatura. Mesmo com o término, o grupo garante que vai honrar com os compromissos assumidos com clubes brasileiro e a Uefa, transmitindo o Campeonato Brasileiro em 2019 e também a Liga dos Campeões pelos próximos três anos.

As transmissões continuarão nos canais TNT e Space, pertencentes à Turner, que comprou o Esporte Interativo. Os canais não serão dedicados apenas aos conteúdos esportivos mas, sim, divididos com a programação variada de séries, eventos e filmes já existentes com os conteúdos de esportes.

O Esporte Interativo também seguirá como marca nas redes sociais. A página do Facebook da emissora, por exemplo, continuará a ter postagens. Além disso, apesar de não confirmar oficialmente, as transmissões da Liga dos Campeões devem acontecer na fanpage do canal, em acordo que ainda será assinado.

Campeonato Cearense e Copa do Nordeste

O futebol cearense, assim como o de todo o Nordeste, será diretamente impactado com o fim dos canais Esporte Interativo (EI) na TV, anunciado pelas redes sociais. A continuidade da transmissão de competições como a Copa do Nordeste e as Série C e D, que ganharam espaço de destaque nunca visto numa emissora de canal fechado, tem futuro incerto diante da atual situação.

O torcedor cearense pôde ver conquistas relevantes pela TV, como o título do Ceará na Copa do Nordeste em 2015, a trajetória do Fortaleza na Série C até o acesso em 2017 e a campanha histórica do Ferroviário na Série D 2018.

Garantidos na edição da Copa do Nordeste em 2019, os dirigentes Ceará e Fortaleza afirmam que não foram procurados até o momento, mas adotam postura de tranquilidade diante do momento de indefinição. O Esporte Interativo possui direito de transmissão da competição até 2022, além de contratos com os clubes participantes que envolvem cotas que chegam a R$ 26,4 milhões para o próximo ano.

“A Copa do Nordeste é um produto importante. Se não houver continuidade dos atuais (detentores), eles vão primeiro cumprir as cláusulas do contrato, e o mercado vai assumir a competição, que tem grande repercussão”, afirmou o presidente do Ceará, Robinson de Castro.

Vice-presidente do Fortaleza, Marcello Desidério espera que os contratos sejam honrados. “É um produto que transcende o canal de televisão. Se não for com ela (emissora), garanto que a competição não acaba”, disse. Não conseguimos contato com o presidente do Ferroviário, Walmir Araújo.

Campeonatos estaduais do Nordeste, como o Cearense, devem deixar de ser transmitidos pela emissora, mas o impacto será bem menor, tendo em vista a tradição da transmissão dos estaduais pela Rede Globo. O presidente da Federação Cearense de Futebol (FCF), Mauro Carmélio, aguarda definição, mas conta que as federações do Nordeste já começaram a se movimentar. “Tem que ver como vai ficar a posição da CBF em relação ao torneio (Nordestão). Ainda não nos comunicaram nada oficialmente. O contrato da transmissão do Cearense termina em 2019.”

A Liga Nordeste, por meio de nota, assegurou “a continuidade do crescimento financeiro da competição”. Segundo a entidade, os contratos comerciais com a Turner serão cumpridos, assim como as cotas aprovadas para o torneio de 2019.

A decisão pelo fim do Esporte Interativo na TV é do grupo Turner, dono da emissora esportiva. Os principais produtos do canal, como a transmissão da Liga dos Campeões da Europa e do Campeonato Brasileiro (a partir de 2019), serão exibidos nos canais TNT e Space, da mesma companhia.

Entre as razões do fim do EI na TV, estão o alto custo para manter dois canais no ar e dos direitos de transmissão das competições e retrações do mercado publicitário e de TV por assinatura, como afirmou o gerente geral do grupo Turner no Brasil, Antônio Barreto, em entrevista ao site Tela Viva.

Ceará e Fortaleza vão receber na 1ª fase do torneio, em 2019,  R$ 3,12 milhões, conforme a cota aprovada. Os times estarão na mesma chave, de acordo com o regulamento

Confira a nota da Emissora:

Nós do Esporte Interativo/Turner, agora uma afiliada AT&T, anunciamos hoje que estamos migrando a nossa programação de TV com o futebol nacional e internacional para as marcas TNT e Space. A Turner continua comprometida com a Liga dos Campeões da UEFA pelas próximas três temporadas, iniciando as transmissões a partir deste mês. Além disso, a partir do ano que vem, começaremos a transmitir a série A do Campeonato Brasileiro até 2024.

Os canais do Esporte Interativo na TV serão desativados nos próximos 40 dias e deixaremos de transmitir competições que nos orgulhamos muito durante os últimos anos. Entretanto, as nossas atividades no mundo digital seguem firmes, e continuaremos levando a emoção que o Brasil merece pra vocês através do nosso Facebook, Instagram, Youtube, Twitter, EI Plus e qualquer outra plataforma digital em que os apaixonados por esporte estejam presentes.

Não dá pra negar que estamos tristes com o fim dos canais Esporte Interativo na TV, mas ao mesmo tempo estamos ansiosos e animados com o futuro, em que estaremos todos os dias na TNT e Space, com as mesmas narrações, comentários e brincadeiras que nos acostumamos a ouvir nos últimos 11 anos. E claro, seguiremos juntos, diariamente, com a nossa família de mais de 20 milhões de fãs nas redes sociais. Muito obrigado pelo apoio de sempre. Contamos com vocês nessa nova caminhada. Tamo junto!

Com informações: O Povo

Torcida recepciona jogadores do Ferroviário com festa e segue em carreata até a Vila Elzir Cabral

No meio da galera e sem receios. Foi assim que os jogadores do Ferroviário foram recepcionados na chegada do elenco a Fortaleza, neste domingo, 5, no Castelão, por sua torcida. O grito de “é campeão” foi o mais entoado pelos torcedores do Ferrão, que comemoraram um título após 23 anos sem conquistas na Barra do Ceará.

Edson Cariús, de longe, era o mais cobiçado. Ao sair do ônibus, o artilheiro da Série D com 11 gols foi carregado pelos tricolores, que – em coro – entoavam a canção feita para o jogador. “Mil gols só Pelé, mas eu sou mais o Cariús”, diz a letra da música que tem o mesmo ritmo de um dos hinos da torcida brasileira durante a Copa do Mundo 2018, na Rússia.

“Momento maravilhoso que estamos vivendo e esse torcedor estava precisando, já que há muito tempo não comemorava um título. Agora é comemorar e agradecer a Deus e minha família pelo título da Série D e também pela artilharia”, disse o atleta.

O clima era de festa e não poderia ser outro, mas a comemoração ainda não tinha chegado à casa do Ferrão: a Vila Elzir Cabral, na Barra do Ceará. Alocados em cima do caminhão do Corpo de Bombeiros, a delegação do Peixe seguiu em carreata até sua sede, acompanhados por um mar de torcedores corais.

A cada novo metro percorrido, os cortejos aumentavam. Motocicletas, carros e bicicletas escoltavam a delegação do Ferroviário rumo à sede do clube. A carreata cresceu consideravelmente durante o percurso, ainda que os semáforos das avenidas Visconde do Rio Branco e Dom Manoel separassem os comboios.

Era fácil ver pessoas com as camisas do Ceará ou Fortaleza festejando o título do Tubarão com aplausos e gritos de incentivo. “É o nosso segundo time. Todos nós estávamos torcendo pelo Ferrim”, afirmou um torcedor do Vovô que estava entrando em um supermercado, mas quando viu a carreata comemorou junto com os torcedores do Peixe.

Na Vila Elzir Cabral, um palanque foi montado dentro do clube. Os torcedores puderam “tietar” todos os jogadores, bem como a diretoria. Newton Filho, vice-presidente do clube, ainda emocionado, festejou o título do Tubarão da Barra e já afirmou que a responsabilidade do Ferrão só aumentou.

“Isso é uma coroação de um trabalho conjunto. É novamente o torcedor do Ferroviário vestindo com orgulho a camisa Coral. É de novo uma taça em Elzir Cabral. Todos os esforços que fizemos valeram a pena. A cada nova etapa alcançada, a responsabilidade aumenta e nós estamos cientes disso. Vamos sempre manter os pés no chão e trabalhar com responsabilidade”, afirmou o dirigente.

Com informações: O Povo

ESPECIAL: Ferrão é campeão da Série D após 23 anos sem conquistar um título

O ano de 2018 vai ficar na memória do torcedor coral com o acesso para a Série C 2019. Após 23 anos sem conquistas, o Ferroviário sagrou-se campeão da Série D do Campeonato Brasileiro, se tornando apenas o 2º time cearense a vencer uma competição nacional. O título é fruto de uma campanha brilhante após ter um início de temporada marcada por oscilação.

O Tubarão da Barra bateu o Treze na grande final da Série D. No jogo da ida, Edson Cariús e companhia foram implacáveis e venceram os paraibanos por 3 a 0, no Castelão. No duelo da volta, no estádio Amigão-PB, os comandados de Marcelo Vilar perderam por 1 a 0, resultado que garantiu o título, diante da vantagem feita na 1ª partida.

Resultado de imagem para poster ferroviário campeão brasileiro 2018

A campanha do Ferrão na Série D começou sob desconfiança. Apesar de passar em 1º e invicto na fase de grupos, o desempenho do time não empolgava o torcedor. O time terminou a etapa inicial da competição com dez pontos conquistados em duas vitórias e seis empates.

Para o mata-mata, a diretoria trouxe o técnico Marcelo Vilar. O treinador conseguiu tirar o melhor do time. Tanto que o Ferrão foi implacável na fase eliminatória. Edson Cariús subiu de produção e foi decisivo, marcando 11 gols em 10 jogos.

Na 2ª fase, o Ferroviário eliminou o Cordino. Na sequência, bateu o Altos pelas oitavas de final. No jogo do acesso, contra o Campinense pelas quartas de final, o Ferroviário foi gigante e passou pelos paraibanos nas penalidades, com Cariús convertendo a última cobrança.

Na semi mais emoção. O Tubarão venceu o São José na partida de ida por 3 a 1. Na volta, a equipe coral perdeu por 2 a 1, mas suportou a pressão dos gaúchos que jogaram os minutos finais com dois a mais.

Números da campanha

7 Vitórias

6 Empates

3 Derrotas

26 Gols marcados

18 Gols sofridos

Todos os jogos na Série D

1ª fase

Cordino 1 x 1 Ferroviário

Ferroviário 1 x 1 4 de Julho

Interporto 2 x 3 Ferroviário

Ferroviário 1 x 1 Interporto

4 Julho 0 x 1 Ferroviário

Ferroviário 0 x 0 Cordino

2ª fase

Cordino 3 x 3 Ferroviário

Ferroviário 1 x 0 Cordino

Oitavas de final

Ferroviário 1 x 1 Altos

Altos 2 x 4 Ferroviário

Quartas de final

Ferroviário 3 x 2 Campinense

Campinense 1 x 0 Ferroviário (4 x 5 – penalidades)

Semifinal

Ferroviário 3 x 1 São José

São José 2 x 1 Ferroviário

Final

Ferroviário 3 x 0 Treze

Treze 1 x 0 Ferroviário

Destaques

A campanha do Ferroviário teve personagens decisivos no mata-mata. O trio Edson Cariús, Janeudo e Juninho Quixadá comandou as jogadas ofensivas e foi eficiente de frente para o gol adversário. Com a contribuição deles, o Ferroviário conquistou os resultados necessários para conquistar a Série D do Campeonato Brasileiro.

Terceira Força

O acesso do Ferroviário para a Série C representa mais que apenas um calendário extenso em 2019. É a consolidação da recuperação do status de terceira força do futebol cearense. A diretoria do clube nunca concordou com a perda do posto, se apegando aos títulos longínquos e à tradição da camisa, mas a história recente expõe a queda e a volta por cima do clube coral.

Com informações: O Povo

Produzido por CriArt Agência Digital