Ministro confirma Centro Integrado de Inteligência da PF para Fortaleza

O ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, confirmou, nesta quarta-feira, durante reunião, em Brasília, com o governador Camilo Santana (PT) e o senador Eunício Oliveira (MDB), a instalação do primeiro Centro Integrado de Inteligência da Polícia Federal em Fortaleza. De acordo com o ministro, o equipamento é fundamental para o enfrentamento da criminalidade no Nordeste e terá seu processo de instalação iniciado após o período eleitoral.

O ministro informou que a Medida Provisória 840/18, que está na pauta para ser votada pelo Congresso, viabiliza a criação do Ministério da Segurança Pública, o funcionamento do Centro Integrado de Segurança em Fortaleza, a execução do Sistema Único de Segurança Pública (SUSP) como também assegura recursos para a construção de dois presídios no Ceará, demanda também apresentada por Eunício e pelo governador Camilo Santana. Eunício prometeu acelerar a aprovação da MP no Senado.

Com informações: Eliomar de Lima

Camilo assume compromisso de fazer da Polícia Civil a melhor do Brasil

O bairro Serviluz, em Fortaleza, recebeu a visita do governador Camilo Santana nesta quinta-feira  (27). Ao lado de centenas de militantes, populares e candidatos à Assembleia Legislativa e Câmara Federal, Camilo caminhou por ruas, ocasião em que recebeu apoio e ouviu anseios da população.
Enquanto caminhava, o governador assumiu o compromisso de fazer da Polícia Civil cearense a melhor do Brasil. “Para isso, nós fizemos concurso público aumentando o efetivo em 42% nesses três anos, lancei novo edital com quase 1500 vagas já para esse ano. A primeira coisa que a gente precisa fazer é fortalecer o efetivo da Polícia Civil para garantir o resultado da suas ações”.
Depois, conforme ressaltou Camilo, é a ampliação das delegacias 24 horas.  “Nós praticamente dobramos nesses últimos três anos o número de delegacias 24 horas no Ceará. Porque é fundamental que a delegacia esteja aberta de manhã, de tarde, a noite, no final de semana e feriado. Essa era uma reclamação da comunidade e da própria polícia que precisava se deslocar de madrugada para outra cidade onde tivesse uma delegacia aberta, de plantão”.
Integração
Outro compromisso do governador está na integração das polícias. “Estamos trabalhando as chamadas Unidades Integradas de Segurança (Unisegs), e, com o Laboratório Integrado de Segurança Pública, com o Centro Integrado de Inteligência do Nordeste aqui no Ceará, isso vai possibilitar que a Polícia Civil possa cumprir o seu papel muito mais efetivo. A polícia do Ceará tem dado resposta importante nos últimos anos, mas é importante fortalecer. O meu plano é fazer da Polícia Civil do Ceará a melhor Polícia Civil do Brasil e essa é a minha determinação”.

Governo do Estado instala 12ª Uniseg em Fortaleza nesta quinta-feira (13)

Os bairros Edson Queiroz, Sabiaguaba, Cambeba, José de Alencar, Parque Iracema, Parque Manibura e Sapiranga serão contemplados com a mais nova Unidade Integrada de Segurança (Uniseg) da Capital, nesta quinta-feira (13). A Uniseg 16 é a 12ª Uniseg instalada na Capital a contar com incremento no policiamento, ampliação da frota de viaturas e ações de viés comunitário.
Serviço
Instalação da Uniseg 16
Data: 13/09/2018
Hora: 17 horas
Local: Avenida Viena Weyne, Cambeba (Lago Jacarey).

“Nós temos efetivo suficiente”, diz Camilo sobre pedido de envio de tropas federais ao Ceará

No primeiro ato de campanha após a execução de três policiais militares na última quinta-feira, 23, o governador Camilo Santana (PT) disse que a Polícia no Ceará “tem efetivo suficiente” para garantir a segurança do processo eleitoral.

Candidato à reeleição, Camilo se referiu ao pedido de reforço de tropas federais no Estado, aprovado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE).

Endossada por unanimidade pelo pleno do órgão, a solicitação foi à votação na última quarta-feira, 22, um dia antes dos assassinatos.

O pedido, baseia-se em parecer da Procuradoria-Regional Eleitoral (PRE) feito a partir de investigação sigilosa conduzida pelo Ministério Público Estadual (MPE), que apura interferência de facções criminosas nas eleições.

Caso seja atendido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), parte do contingente das Forças Nacionais se concentraria em cinco municípios cearenses: Fortaleza, Caucaia, Maracanaú, Sobral e Juazeiro do Norte.

Ao todo, 22 municípios solicitaram o reforço. O TRE-CE julgou a medida necessária apenas em quatro cidades além da Capital.

Questionado se pediria o auxílio da tropa federal para as eleições no Ceará, o governador negou. “Eu não. Eu acredito na minha polícia. Nós fomos o Estado que fez o maior aumento de efetivo policial do País”, falou.

Em seguida, Camilo mencionou investimentos do Governo no setor de segurança pública.

“Foram mais de 8 mil homens contratados em três anos e meio. Nenhum estado contratou tantos policiais. Só do Raio, eu tenho hoje mais de dois mil e duzentos homens”, acrescentou.

O petista disse ainda que tem reunião agendada com a presidente do TRE-CE, a desembargadora Nailde Pinheiro, na próxima segunda-feira, para discutir o assunto.

“Vou receber o TRE-CE e saber quais são as justificativas (para o pedido). Sempre fiz parcerias com os órgãos federais. Vamos avaliar. Quero ouvir qual é a necessidade disso”, afirmou.

O chefe do Executivo estadual ressaltou que sempre tem “colocado as forças policiais a serviço de parceria” com as forças federais. “Preciso apenas saber o motivo”, completou.

Com informações: O Povo

Camilo promete formação de policiais de “alta performance” para combater facções no Ceará

Candidato à reeleição, o governador do Ceará Camilo Santana (PT) promete criar tropa de policiais civis e militares de “alta performance” para o enfrentamento das facções criminosas no Estado.

A proposta é parte do conjunto de diretrizes apresentado pelo petista ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no ato de registro de sua candidatura, nesta segunda-feira.

O documento, anexado ao cadastro do postulante como “Propostas”, reúne tópicos que vão subsidiar a elaboração do plano de governo para um eventual novo mandato.

Dividido em eixos temáticos sob o título de “Estado criativo, inovador e transformador”, ele agrupa ideias de aperfeiçoamento de políticas já implementadas pelo Executivo, mas também ações que representam novidade.

É o caso da proposta de número 11 do eixo “Ceará Pacífico”, mesmo nome do programa já executado pelo Governo Estadual.

Nela, o documento da chapa governista apresenta a linha geral da medida específica para a área da segurança: “Formação de policiais militares e civis de alta performance para atuar de forma estratégica no combate ao crime organizado, em especial ao tráfico de drogas e às facções criminosas”.

De acordo com o texto de abertura do programa de Camilo, esse documento, parte fundamental da formatação do plano de governo, “irá nortear, de forma responsável e transparente, o desenvolvimento do Ceará nos próximos quatro anos”.

“Daí a importância de diretrizes respaldadas na compreensão dos desafios a serem enfrentados por nosso Estado”, informa.

Defendida por Camilo, a proposta é um trunfo do governador em meio a índices de violência que, mesmo em queda nos últimos meses, ainda impõem desafio imenso ao gestor e desgaste certo durante a disputa eleitoral como fator a ser explorado pelos adversários.

Na corrida ao Abolição, o principal oponente do governador é o candidato tucano General Theophilo, que, aliado ao deputado estadual Capitão Wagner (Pros), tem explorado o tema da segurança em suas críticas a Camilo.

A proposta de aperfeiçoamento da formação do policiamento, direcionando parte da tropa para o combate às facções criminosas, é também uma resposta do governador às últimas chacinas no Ceará. Apenas em 2018, foram seis chacinas e 44 mortos no Estado.

A dois dias do fim do prazo legal, apenas três dos seis candidatos ao Governo do Estado haviam se registrado no TSE: além de Camilo e Theophilo, o advogado e professor universitário Hélio Gois, do PSL.

Dos três postulantes, só o tucano ainda não apresentou um conjunto de propostas junto com os dados de patrimônio.

Aliado do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL) no Ceará, Gois dividiu seu programa de governo em cinco capítulos.

 

Com informações: Blog de Política O Povo

Número de homicídios no Ceará cai em julho; primeiros sete meses de 2018 têm 2.758 assassinatos

O número de homicídios em julho no Ceará caiu 20,3% se comparado com igual mês de 2017. Foram 378 assassinatos em julho deste ano e 474 em julho de 2017, conforme números divulgados nesta quarta-feira (8) pela secretaria da Segurança Pública. É o quarto mês consecutivo que o estado apresenta redução de homicídios.

Comparando com julho do ano passado, a queda foi registrada em todas as regiões: capital, Região Metropolitana de Fortaleza, interior Norte e Sul.

Os primeiros sete meses do ano acumulam 2.758 assassinados, 0,5% a menos que no mesmo período de 2017 (2.773), ano em que o Ceará terminou com um recorde de violência.

Houve redução dos crimes de roubo a pessoa, roubo de carga, a residência, de veículo e a banco, e nos furtos.

  • Roubo a pessoas: ocorreram 4.515 em julho de 2018, contra 5.673 em julho de 2017
  • Roubo de carga, residência, veículo e banco: foram 810 em julho de 2018, contra 1.105 em julho de 2017
  • Furto, são 5.067 casos em julho de 2018, contra 5.557 em julho de 2017

“O mês de julho, tradicionalmente, é um mês em que a gente têm dificuldades na redução dos assaltos, muito fluxo turístico, férias, mas ainda assim houve uma redução forte. São vários dados positivos, fruto de um esforço da secretaria e do governo, através dos investimentos que foram realizados, diferentes do que a gente vê no resto do país, investimentos focados em tecnologia para apoiar as investigações, a inteligência e as ações de campo”, comentou o secretário de Segurança do Ceará, André Costa.

Capital e interior

Em Fortaleza, o decréscimo de crimes em julho foi de 29,3%, com 130 mortes em 2018, contra 184 em 2017. Na Região Metropolitana, a redução foi de 23% (104 casos em 2018/ 135 em 2017).

Já no acúmulo de casos de janeiro a julho, houve aumento de crimes na Região Metropolitana, com 766 casos em 2018 contra 681 no ano passado, e no Norte do estado, com 586 crimes registrados este ano, contra 470 registrados em 2017.

Investimento

De acordo com o secretário, o investimento em tecnologias para trabalhar a serviço da polícia no estado e o estudo da segurança pública têm contribuído para a redução dos números.

“A gente tá tratando a segurança pública no Estado do Ceará como uma ciência. O primeiro Big Data da segurança pública do país está sendo construído aqui no Ceará, que é um painel analítico, com tecnologia de inteligência artificial”, frisou.

A ampliação do videomonitoramento também é um dos elementos que reflete na redução dos crimes, defende o secretário. “Hoje tem mais de 2 mil câmeras de videomonitoramento, até o final do ano vão ser mais de 3.200, sendo 2.500 só em Fortaleza. Câmeras que podem detectar a presença de veículos roubados e pessoas com antecedentes criminais nas ruas. Nos próximos anos isso vai ser modelo pro restante do país”, destacou o secretário.

Estudos sobre a motivação dos homicídios também estão entre as medidas recentes da secretaria de Segurança. “A gente entrevistou familiares das pessoas que foram mortas, no caso, em Fortaleza, e estamos concluindo o estudo da Região Metropolitana. Ficou demonstrado que cerca de 85% dessas mortes em Fortaleza são de pessoas que tinham algum histórico com drogas, ou eram traficantes ou usuários. Isso é importante pro estado saber que precisa ter investimentos na prevenção ao uso de drogas.”

Mulheres no crime

Sobre o aumento da participação de mulheres no crime, o secretário comenta os dados de 2017, que revelam um aumento de 30% no número de prisões, no entanto, se analisados os mesmos dados em relação somente às mulheres, o aumento chega a 70%.

“Infelizmente a gente tem visto mais mulheres se envolvendo com o crime e com o tráfico de drogas, e isso tem sido realmente o maior motivador de mortes envolvendo mulheres”, disse.

Os dados da Secretaria de Segurança não incluem assassinatos ocorridos dentro de presídios nem mortes em decorrência de ação policial.

Ataques criminosos

No fim de julho, o Ceará registrou a segunda onda de ataques a ônibus e equipamentos públicos e privados do ano. As ações, ocorridas em março e julho, foram represálias de facções criminosas, de acordo com órgãos e entidades que participam ou acompanham as investigações.

Nas duas sequências de ataques do ano, o modo de atuação foi semelhante. Especialistas afirmam que a situação se agravou em 2015 com uma reconfiguração dos quatro grupos criminosos que atuam no estado.

Sobre o trabalho de investigação da polícia em relação aos últimos casos, o secretário afirmou que os responsáveis estão sendo presos. A secretaria da Segurança efetuou nove prisões em julho relativas aos ataques. De acordo com o órgão, quatro dos presos também são investigados por ataques anteriores.

Com informações: G1 Ceará

Itapajé: Um dia após festejar 159 anos, Município é presenteado com a implantação do BPRAIO

Quase oito anos após ter sido contemplado com a implantação do Ronda do Quarteirão, o município de Itapajé voltou a experimentar  outro momento de grande importância na área da segurança publica. Isso por que na manhã deste sábado, 21, o município recebeu uma base permanente do BPRaio e um centro de videomonitoramento.

Este investimento, nunca antes visto na historia do município, traz para Itapajé 37 novos policiais, 16 motos, dois carros e pelo menos 8 câmeras de alta tecnologia instaladas em pontos estratégicos na sede da cidade.

A sede do batalhão, que também vai abrigar o Policiamento Ostensivo Geral, é o prédio onde antes funcionava a Secretaria de infra Estrutura. O local foi cedido pela prefeitura para o estado que realizou as obras de adequação.

Assim como na época da chegada do Ronda, a população ficou extremamente feliz e com uma sensação de que a onda de insegurança irá, no mínimo, diminuir nos próximos dias.

A O Raio chegou exatamente um dia depois do aniversario de 159 anos de emancipação politica do município e, por tanto, foi recebido com um grande e importante presente para toda a população.

O evento contou com a Presença do Secretário de Segurança Pública André Costa, Comandante Geral da PM no Estado, Cel. Viana;  Comandante do CPI Norte, Cel. Gilvandro, Comandante do Batalhão de Itapipoca, Cel. Raulino, além do Tenente Gaudêncio, que interinamente está à frente da PM de Itapajé e a Dra. Rogeria, delegada do Município. O Prefeito Dimas Cruz, vereadores e secretários municipais se somaram as autoridades militares na inauguração.

Com informações: Clésio Marques/Maikon Rios

Governo do Ceará entrega novas 466 viaturas para a Polícia Militar

O Governo do Ceará iniciou a entrega de 466 novos veículos para as forças de segurança do Estado. Os primeiros 150 carros foram entregues, agora pela manhã, em Fortaleza, pelo governador Camilo Santana para Policia Militar. Esta primeira leva será enviada para os Batalhões do Interior.

O novo modelo implementado pelo Governo para reforço de frota é o de locação dos veículos, o que permite mais agilidade na reposição da frota em caso de avarias. Os veículos são das marcas e modelos Jeep Renegade e Renault Duster e já contam com toda a estrutura para as funções policiais.

Os 150 que foram entregues esta manhã são todos Jeep Renegade. No total, serão 200 Renegade e 266 Duster. Com as 466 novas viaturas, já são 2.175 veículos entregues pelo Governo do Ceará para as forças de segurança desde 2015.

Com informações: ASCOM do Governo do Estado do Ceará

Governo do Ceará nomeia 646 novos policiais civis nesta quarta-feira (20)

A Polícia Civil do Ceará ganha forte reforço de efetivo a partir desta quarta-feira (20). O governador Camilo Santana nomeia os 646 aprovados da segunda turma do Curso de Formação para a corporação, em solenidade no Centro de Eventos do Ceará, a partir das 9 horas.

São 86 delegados, 188 escrivães e 372 inspetores que concluíram as aulas na Academia Estadual de Segurança Pública (Aesp). Eles serão responsáveis por reforçar o trabalho da polícia judiciária na Capital, Região Metropolitana de Fortaleza e Interior, ampliando o número de delegacias, incluindo 24 horas, e de equipes especializadas.

A primeira turma do concurso contou com 650 novos policiais civis e foi nomeada pelo governador no ano passado.

Serviço

Posse dos 650 novos policiais civis

Data: 20/6/2018 (quarta-feira)

Hora: 9 horas

Local: Centro de Eventos do Ceará (Avenida Washington Soares, 999, Edson Queiroz), Salão Iguape (Portão E).

 

Com informações: ASCOM do Governo do Estado do Ceará

Maracanaú: Município ganha sistema de videomonitoramento e delegacia 24 horas

Tecnologia de ponta com foco no enfrentamento à criminalidade, fiscalizando e interligando informações, além de um espaço todo novo para centralizar as ações da Polícia Civil em Maracanaú. Nesta segunda-feira (18), o governador Camilo Santana realizou a entrega do sistema de videomonitoramento e da nova delegacia do município da Região Metropolitana de Fortaleza. Já é a 17ª cidade a contar com o sistema integrado, além da Capital.

“Para trabalhar a violência precisamos aumentar o efetivo. Ninguém tem investido mais em segurança pública que nós. Fiz o maior concurso da PM da história do Ceará e chamei todos. Fiz concurso para a Polícia Civil. Autorizei a média do Nordeste, fiz a Lei de Promoções. Recebi dois novos helicópteros, estamos comprando 13 mil novas armas. Estamos hoje implantando 20 câmeras em áreas estratégicas, integradas com a central da cidade. Ela giram 360°, aproximam, têm visão noturna. Estamos entregando essa delegacia toda nova, bonita. Mas também é preciso trabalhar a prevenção. Já autorizei para Maracanaú um Centro Cearense de Idiomas e quatro miniareninhas”, detalhou o governador.

Serão 20 câmeras dispostas pela cidade – entre as com giro 360 graus, as com tecnologia para ler placas de veículos, além de uma câmera interna na sala de videomonitoramento. Em setembro do ano passado, o Governo instalou em Maracanaú o Batalhão de Policiamento de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPRaio), com a atuação de 56 policiais.

A nova delegacia conta com investimentos superiores a R$ 1,7 milhão, entre o aplicado na obra e os equipamentos. O efetivo é de 37 policiais, sendo seis delegados, 14 escrivães e 17 inspetores, além de quatro viaturas. Em regime de 24 horas, a unidade dá cobertura à cidade e a demandas da região, em virtude do caráter interrupto dos serviços prestados, em municípios como Maranguape, Guaiúba e Pacatuba.

A aposentada Maria de Fátima Ferreira era só alegria à espera da entrega ao lado da neta Kailane Silveira. “Estou muito feliz, essa delegacia e essas câmeras vão ajudar muito na segurança de Maracanaú. Antes tinham muitos homicídios aqui, a gente tinha até medo de sair de casa. Já melhorou demais desde que o Raio chegou aqui. Agora, a tendência é que as coisas fiquem ainda bem mais tranquilas. Estou muito agradecida ao Governo do Ceará por isso”.

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social, André Costa, destacou que os resultados dos investimentos no município já estão surgindo. “Estamos entregando mais dois equipamentos para a cidade. Ano passado substituímos todas as viaturas, depois trouxemos o BPRaio com uma das maiores equipes do Ceará, que tem trazido excelentes resultados. Essa delegacia traz um ambiente adequado para receber o trabalho dos nossos policiais civis e funcionar de maneira mais acolhedora para vocês. As câmeras ajudam o trabalho de qualidade e de investigação da polícia. Com a participação de todos os cidadãos de bem, vamos botar a criminalidade para correr”.

Videomonitoramento

O videomonitoramento visa focar no enfrentamento à criminalidade nos municípios com população acima de 50 mil habitantes. O projeto conta com a instalação de cerca de 700 câmeras em 38 cidades do Ceará. O investimento anual do Governo do Ceará na disposição das câmeras e operação do serviço é da ordem de R$ 20 milhões.

Os municípios contemplados são: Maracanaú, Maranguape, Eusébio, Acaraú, Crato, Caucaia, Aracati, Morada Nova, Quixadá, Itapajé, Limoeiro do Norte, Quixeramobim, Baturité, Russas, Iguatu, Juazeiro do Norte, Barbalha, Icó, Aquiraz, Beberibe, Cascavel, Horizonte, Pacajus, Pacatuba, Itapipoca, Sobral, Camocim, Canindé, Granja, São Benedito, Viçosa do Ceará, Tianguá, Trairi, Crateús, Acopiara, Boa Viagem, São Gonçalo do Amarante e Tauá.

 

Com informações: ASCOM do Governo do Estado do Ceará