10 dos 184 prefeitos eleitos em 2016 foram afastados no Ceará

Dez dos 184 prefeitos eleitos em 2016 já foram afastados por irregularidades na campanha eleitoral, na administração municipal ou por crimes cometidos após chegarem ao poder. Das 10 cidades com novos gestores, Tianguá, Umari, Frecheirinha e Santana do Cariri realizaram, no dia 3 de junho, eleição suplementar para escolha dos prefeitos que cumprirão mandato até o dia 31 de dezembro de 2020. Nas quatro cidades, os mandatos dos gestores foram cassados pela Justiça Eleitoral.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cassou, ainda, os mandatos dos prefeitos de Aracoiaba e Croatá. As duas cidades terão, também, eleição suplementar.

Em Pacajus, o prefeito Flankyn Chaves foi afastado pela Justiça após constatação de fraudes em licitações e irregularidades na aplicação do dinheiro público. O mesmo caminho teve, também, o prefeito de Saboeiro,  Gotardo Martins (PSD).

Em Tauá, a Câmara de Vereadores cassou, na noite de quarta-feira, 12, o prefeito Carlos Windson (PR) e, nessa quinta, 13, empossou o vice Fred Rego (DEM) no comando da Prefeitura.

Entre os 10 prefeitos afastados ou cassados, um – Marcelo Arcanjo, Santana do Acaraú (MDB), teve, nessa última quarta-feira, 12, licença aprovada na Câmara de Vereadores para tratar interesses particulares durante 60 dias. Arcanjo está afastado após confessar o assassinato do ex-funcionário da Prefeitura Augusto Cesar do Nascimento.

Veja a relação dos prefeitos eleitos em 2016 e que perderam o mandato em 2017/2018:

  • Tianguá – Dr. Luiz (PSD), eleito com 49.87%
  • Umari – Francisco Alexandre Barros Neto (PT), eleito com 50.04%
  • Frecheirinha – Carleone Junior (PP), eleito com 50.65%
  • Santana do Cariri – Danieli de Abreu Machado (PSL), eleita com 50.36%
  • Aracoiaba – Antonio Claudio (PSDB), eleito com 40.05%
  • Croatá – Thomaz Laureanno (PDT), eleito com 50.06%
  • Pacajus – Flanky Chaves (PP), eleito com 42.01%
  • Saboeiro – Jose Gotardo (PSD), eleito com 50.19%
  • Tauá – Carlos Windson (PR), eleito com 50.14%
  • Acaraú – Alexandre Gomes (PDT), eleito com 100%

Veja a relação dos prefeitos escolhidos em eleição suplementar  em 2018:

  • Tianguá – Dr. Jaydson (PTB), eleito com 53,23%
  • Umari – Neide (PSD), eleita com 56,9%
  • Frecheirinha – Helton Luís (PDT), eleito com 100%
  • Santana do Cariri – Pedro Henrique (MDB), eleito com 50,08%

Municípios que tiveram prefeitos cassados e os vices assumiram os mandatos: 

  • Aracoiaba – Presidente da Câmara Municipal, Francisco Rogério
  • Croatá – Presidente da Câmara Municipal, Claudimiro Oliveira
  • Pacajus – Bruno Figueiredo
  • Saboeiro – Micheline
  • Tauá – Fred Rego
  • Acaraú – Colombo

Com informações: Ceará Agora

Prefeito eleito de Santana do Cariri vence com diferença de 15 votos

Quatro municípios do Ceará – Santana do Cariri, Frecheirinha, Tianguá e Umari – tiveram eleições suplementares neste domingo (3) para a escolha de prefeitos e vices. Isso porque os eleitos em 2016 perderam os mandatos em decisões do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e Superior Tribunal Eleitoral (TSE). Os eleitos cumprem mandatos de dois anos até as próximas eleições municipais, em 2020.

Em Santana do Cariri, venceu Pedro Henrique (MDB) com 50,08% dos votos válidos (5.004), apenas 15 votos de diferença do segundo candidato, que obteve 49,92% dos votos válidos (4.989). Foram apurados 12.178 votos e o município teve 13,68% de abstenção. De acordo com o TRE-CE, 10.512 eleitores compareceram às urnas, número que representa 86,32% do eleitorado. Como a cidade não tem 200 mil eleitores não haverá segundo turno.

Frecheirinha

Em Frecheirinha, no Litoral Oeste do Ceará, Helton Luís (PDT) foi eleito com 100% dos votos válidos: 4.934. No município compareceram às urnas 9.996 eleitores (90,29%). O índice de abstenção ficou em 9,71%, quando 1.075 eleitores deixaram de comparecer às urnas. Os votos nulos somaram 4.969, o que representa 49,71% do total de votos.

Umari

Com 56,9% dos votos válidos, os eleitores de Umari escolheram a candidata Neide (PSB) para dirigir o município até 2020. Ela conquistou 2.739 dos 4.814 votos válidos. O índice de abstenção no município ficou em 19,9%, com a ausência de 1.250 eleitores. Segundo o TSE, 5.030 eleitores votaram, o que representa 80,1% do total.

Tianguá

Com 22.203 votos válidos, Dr. Jaydson (PTB) foi eleito prefeito de Tianguá, na Região Norte do Ceará. Nesta eleição suplementar, 44.386 eleitores foram às urnas, 88,71% do total. O índice de abstenção no município foi de 11,29%, o que representa 5.647 eleitores. Com a vitória, Dr. Jaydson cumpre dois anos de mandato, até as eleições municipais em 2020.

No Ceará, já ocorreram eleições suplementares em 2007, 2011 e 2013, relativas aos pleitos 2004, 2008 e 2012 respectivamente.

Com informações; G1 Ceará

Eleitores de quatro municípios cearenses voltarão às urnas neste domingo, 3/6

Amanhã, 3 de junho, os eleitores de Frecheirinha, Santana do Cariri, Tianguá e Umari voltarão às urnas para eleger o prefeito e o vice-prefeito, em eleições suplementares, decorrentes de decisões do Pleno do TRE e do TSE.

De acordo com os dados do sistema de candidaturas, disputam os cargos de prefeito e vice-prefeito, respectivamente, pela ordem dos números dos candidatos e coligações:

Frecheirinha:

Silvia Lucia Sousa Aguiar Araujo e Claudio Fernandes Aguiar (Coligação “Frecheirinha não Pode Parar”)

Helton Luis Aguiar Junior e Francisco Mesquita Portela (Coligação “Justiça e Paz”);

Santana do Cariri:

Vicente Brilhante e Mauricio Matos (Coligação “Juntos Abraçamos Santana; Não Podemos Parar”)

Pedro Henrique Correia Lopes e Maristela Sampaio (Coligação “Unidos pelo Povo”);

Tianguá:

José Jaydson Saraiva De Aguiar e Mardes Ramos de Oliveira (Coligação “Gente em primeiro lugar”)

José Cardoso Terceiro e João Antonio Bevilaqua Alves (Partido Ecológico Nacional)

Luiz Menezes de Lima e Aroldo Cardoso Portela (Coligação “O Trabalho vai continuar”);

Umari:

Ana Paula Araujo Viana Alencar e Francisco Bruno de Freitas Barros (Coligação “Determinação e compromisso com o Povo”)

Mirineide Pinheiro Moura e Alex Sandro Rufino Ferreira (Coligação “Umari, Juntos Para Servir”).

A apuração/totalização das eleições suplementares ocorrerão nos cartórios eleitorais das sedes das zonas, a partir das 17 horas de domingo (3/6).

Informações importantes:

Município   Orçamento  Eleitores Locais de Votação Seções c/ urna Mesários Informações
Tianguá R$ 62.516,35 50.033 69 181 724 (88) 3671-1401
Umari R$ 21.476,95 6.287 11 25 100 (88) 3561-1411
Santana do Cariri R$ 31.646,25 12.178 21 46 184 (88) 3546-1438
Frecheirinha R$ 35.044,80 11.071 10 41 164 (88) 3671-1401
Com informações: ASCOM do Tribunal Regional Eleitoral do Estado do Ceará

 

Como justificar ausência às urnas nas eleições suplementares do próximo domingo

Os eleitores de Frecheirinha, Santana do Cariri, Tianguá e Umari que não puderem comparecer à eleição suplementar para prefeito e vice-prefeito, no domingo, 3/6, devem justificar a ausência às urnas para não ficarem em débito com a Justiça Eleitoral.

A justificativa poderá ser apresentada em qualquer Cartório Eleitoral, no prazo de 60 dias após o pleito. Os eleitores desses municípios devem preencher Requerimento de Justificação, acompanhado dos documentos que comprovem o motivo da ausência, para deliberação do juiz eleitoral da zona de origem.

O eleitor que se encontrar no exterior na data do pleito terá o prazo de 30 dias contados do retorno ao território nacional, podendo procurar também qualquer Cartório Eleitoral do país.

Não haverá recebimento de justificativa no dia do pleito.

Com informações: ASCOM do Tribunal Eleitoral do Estado do Ceará

Quatro cidades cearenses terão eleições suplementares no domingo

Quatro municípios do Ceará realizam neste domingo (3) eleições suplementares para escolher prefeitos e vices. São 79.569 eleitores de Frecheirinha, Santana do Cariri, Tianguá e Umari voltarão às urnas para eleger o prefeito e o vice-prefeito, porque os eleitos em 2016 tiveram os mandados cassados em decisões do Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) e Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

De acordo com o Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, a apuração/totalização das eleições suplementares ocorrerão nos cartórios eleitorais das sedes das zonas, a partir das 17 horas de domingo (3). O custo total das eleições nos quatro municípios soma R$ 150.684,35.

Confira os candidatos de cada cidade:

Frecheirinha

Coligação ‘Frecheirinha não pode parar’: Silvia Lucia Sousa Aguiar Araujo e Claudio Fernandes Aguiar

Coligação “Justiça e Paz’: Helton Luis Aguiar Junior e Francisco Mesquita Portela

Santana do Cariri

Coligação ‘Juntos Abraçamos Santana; Não Podemos Parar’: Vicente Brilhante e Mauricio Matos

Coligação ‘Unidos pelo Povo’: Pedro Henrique Correia Lopes e Maristela Sampaio

Tianguá

Coligação ‘Gente em primeiro lugar’: José Jaydson Saraiva De Aguiar e Mardes Ramos de Oliveira

Partido Ecológico Nacional: José Cardoso Terceiro e João Antonio Bevilaqua Alves

Coligação ‘O Trabalho vai continuar’: Luiz Menezes de Lima e Aroldo Cardoso Portela

Umari

Coligação ‘Determinação e compromisso com o Povo’: Ana Paula Araujo Viana Alencar e Francisco Bruno de Freitas Barros

Coligação ‘Umari, Juntos Para Servir’: Mirineide Pinheiro Moura e Alex Sandro Rufino Ferreira

Processos

A cassação dos diplomas do prefeito e do vice-prefeito de Frecheirinha, Carleone Júnior de Araújo e Cláudio Fernandes Aguiar, por conduta vedada a agente público, nas eleições de 2016, foi confirmada pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral pelo em 23 de abril.

Em 17 de abril, o TRE manteve, por unanimidade, a cassação dos diplomas da prefeita e do vice-prefeito de Santana do Cariri, Danieli de Abreu Machado e Juracildo Fernandes da Silva, por abuso de poder político e econômico nas eleições de 2016.

No julgamento ocorrido no dia 19 de abril, o TRE também manteve, por unanimidade, a cassação dos diplomas do prefeito e da vice-prefeita de Umari, Francisco Alexandre Barros Neto e Laura do Carmo Lustosa Ribeiro, por captação ilícita de votos nas eleições de 2016.

Já o caso de Tianguá foi decidido pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na sessão de 15 de março deste ano. O TSE manteve o indeferimento do registro de candidatura do prefeito eleito em Tianguá, nas Eleições de 2016, Luiz Menezes de Lima, e do vice-prefeito, Aroldo Cardoso Portela e revogou a decisão liminar que os mantinha no cargo.

Com informações: G1 Ceará

TRE realiza reunião de planejamento das eleições suplementares

A presidente do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará, desembargadora Maria Nailde Pinheiro Nogueira, promoveu nesta segunda-feira, 14/5, reunião com as zonas que realizarão eleições suplementares, no próximo dia 3 de junho, e forças de segurança. Estão programadas novas eleições para prefeito(a) e vice-prefeito(a) em Tianguá, Frecheirinha, Umari e Santana do Cariri.

Estiveram presentes os juízes Francisco Ireilton Bezerra Freire (titular da 15ª Zona, com sede em Icó, responsável por Umari); Herick Bezerra Tavares (53ª Zona – sede em Nova Olinda, que abrange Santana do Cariri), Eduardo Braga Rocha (titular da 81ª Zona – Tianguá) e Moises Brisamar Freire (presidirá as eleições em Frecheirinha, cuja sede da zona é Tianguá).

Participaram ainda o juiz do Pleno do TRE, Eduardo Scorsafava; o diretor-geral do tribunal, Hugo Pereira Filho; os secretários de Administração, Sérgio Coelho e o de Tecnologia da Informação, Carlos Sampaio; as delegadas da Polícia Federal, Juliana Pacheco e Eliza Maria Barbosa de Almeida; o delegado da Polícia Civil, Lúcio Torres, e o tenente-coronel da Polícia Militar, Jano Emanuel Marinho.

Planejamento

A desembargadora Nailde Pinheiro presidiu a reunião e detalhou o apoio técnico oferecido às zonas eleitorais, bem como as datas da remessa das urnas eletrônicas, cadernos de votação e geração das mídias com dados dos eleitores e candidatos para as urnas. Por fim, a presidente do TRE reiterou total apoio e suporte às zonas, com monitoramento do tribunal no dia da votação.

Os magistrados relataram o andamento das atividades que antecedem o pleito, em especial, a fiscalização da propaganda e realização de reuniões de preparação com Ministério Público Eleitoral, partidos e coligações.

As Polícias Federal, Civil e Militar expuseram o planejamento para a segurança nas eleições em Tianguá, Umari, Santana do Cariri e Frecheirinha. Em todos os municípios, haverá reforço no efetivo e bases de monitoramento e atuação, na semana do pleito.

Dados das eleições suplementares nos 4 municípios:

Município Orçamento Eleitores Locais Votação Seções c/ urna Mesários
Tianguá R$ 62.516,35 50.033 69 181 724
Umari R$ 21.476,95 6.287 11 25 100
Santana do Cariri R$ 31.646,25 12.178 21 46 184
Frecheirinha R$ 35.044,80 11.071 10 41 164

Com informações: ASCOM do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará

Santana do Cariri: Conhecidas as chapas para eleição suplementar na cidade

O município de Santana do Cariri, no Cariri Oeste, terá eleição suplementar no próximo dia 3 de junho. E neste domingo (29), os eleitores conheceram as chapas que disputarão essa eleição.

A coligação formada pelos partidos PDT, PT, PC do B, PSL e PP lançou os ex-vereadores Vicente Brilhante (prefeito) e Maurício Matos (vice-prefeito), apoiada pelo governador Camilo Santana e aliados.

Do outro lado, a coligação composta pelas agremiações MDB, PSDB E PSD, que lançou os nomes do empresário Pedro Henrique Correia Lopes e da contadora Maristela  Hermogenes Landim, para compor a chapa de prefeito e vice prefeita respectivamente.

Quatro municípios cearenses escolherão prefeito e vice em 3 de junho

O Tribunal Regional Eleitoral do Ceará aprovou em sessão extraordinária nesta quinta-feira, 26/4, a Resolução TRE-CE nº 690/2018, que fixa a data do pleito e aprova as instruções para a realização de nova eleição para prefeito e vice de Frecheirinha, que tem 11.003 eleitores. Com esta, serão quatro eleições suplementares a serem realizadas no dia 3 de junho. Na data, os eleitores de Tianguá, Umari e Santana do Cariri também irão às urnas para escolher prefeito e vice-prefeito.

O orçamento das eleições suplementares de Tianguá e Umari já foi aprovado pelo TRE. Serão gastos em Tianguá R$ 62.516,35, para proporcionar o voto de 49.867 eleitores, em 211 seções com urnas. Enquanto em Umari, o total planejado é de R$ 21.476,95, para 6.296 cidadãos votarem em 31 seções eleitorais.

Os dados da eleição de Santana do Cariri e Frecheirinha ainda serão divulgados.

Com informações: ASCOM do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará

 

Santana do Cariri: Nova eleição acontece no dia 3 de junho

No próximo dia 3 de junho, os eleitores do município de Santana do Cariri devem voltar às urnas. O pleno do Tribunal Regional Eleitoral do Ceará aprovou, na sessão desta segunda-feira, (23), a resolução que fixa a data do pleito e aprova as instruções para a realização da nova eleição para prefeito e vice, de Santana do Cariri, que tem 12.094 eleitores.

As convenções partidárias destinadas a deliberar sobre coligações e a escolha de candidatos serão realizadas no período de 28 e 29 de abril.

No dia 3 de junho, outros dois municípios cearenses também devem ir às urnas escolher prefeito e vice: Tianguá e Umari.

 Com informações: Tribunal Regional Eleitoral – TRE/Ce