Tasso e Eduardo Girão devem definir trabalho conjunto na bancada

O senador Tasso Jereissati (PSDB) e o senador eleito Eduardo Girão (PROS) deverão ter encontro para discutir um trabalho integrado na bancada cearense no Senado, a partir de fevereiro de 2019. No início da semana, eles conversaram pelo telefone, quando Tasso parabenizou Eduardo pela vitória. Nestas eleições, PSDB e PROS integraram a aliança de oposição no Estado.

Eduardo tem mantido encontros com lideranças do PROS, nos quais avalia a sua eleição. Em entrevistas, Capitão Wagner – eleito deputado federal – tem admitido a necessidade de um trabalho estratégico das oposições com vistas às eleições municipais de 2020, em especial na sucessão de Fortaleza.

 

Com informações: Eliomar de Lima

 

Derrotas em redutos de aliados tiraram Eunício do Senado

Derrotas em redutos dominados por candidatos da base aliada foram decisivas para o fracasso de Eunício Oliveira (MDB) contra Eduardo Girão (Pros) na disputa pelo Senado. Entre os 33 municípios do Ceará onde o emedebista perdeu para o adversário, apenas dois não deram votações expressivas para deputados eleitos aliados de Camilo Santana (PT).

Em todos os outros, pelo menos um candidato próximo do governo foi eleito com grande votação que não se refletiu em votos para Eunício. Observando o mapa das vitórias de Girão, real empenho de deputados da base pela vitória do emedebista fica sob suspeita. Durante a campanha, foram vários os rumores sobre “traições” de aliados contra Eunício.

 

Em alguns casos, municípios que deram votações expressivas para mais de um deputado da base só arregimentaram poucos votos para o emedebista. Apesar de ter conseguido a maior parte da votação na Região Metropolitana de Fortaleza, Eduardo Girão teve municípios do Interior como “fiéis da balança” para os menos de 12 mil votos que lhe garantiram a vitória.

Segundo o coronel Plauto de Lima, um dos articuladores da campanha de Girão, não houve qualquer tipo de acordo entre o candidato do Pros e deputados da base. Ele destaca, no entanto, ter notado perceptível movimento de lideranças locais em “abrir” o 2º voto para o Senado, sem pedir apoio a Eunício. “Deram uma de Pôncio Pilatos: lavaram as mãos”.

Casos notáveis envolvem os deputados José Guimarães (PT) Dr. Sarto (PDT). Em três municípios onde eles foram os mais votados, Eunício teve pequena votação e acabou derrotado. “A rigor, não fiz campanha para o Eunício. Deixei as bases à vontade, só tinha um senador, que era o Cid”, admite Sarto, que em setembro prometia pedir votos ao emedebista.

“Meu grupo ficou chateado com apoio de Eunício a grupos opostos em Acopiara (base do deputado), então acabou optando por outra candidatura. Ainda ponderei que Camilo e Cid tinham pedido pelo Eunício, mas não deu”, explica Sarto. “Ele tentou puxar voto para aliados na base de outros, então criou uma ambiência muito ruim. Foi muito pouco hábil”, disse.

Plauto destaca ainda que, em várias regiões, líderes locais mesmo os ligados à base aliada enxergaram a disputa entre Eunício e Girão como oportunidade de fazer uma “prévia” da eleição municipal de 2020. “Como o MDB tinha muitos desses prefeitos, muita gente da oposição viu nisso uma oportunidade de ver as chances para 2020”, diz.

Em Quixeramobim, reduto histórico de José Guimarães e onde Girão venceu por mais de 10 mil votos de diferença, pesou nesse sentido racha entre o prefeito, Clébio Pavone (SD), e o vice, Sargento Rogério (Pros). Em cidades como Santa Quitéria, circularam adesivos que uniam Camilo, Guimarães, o deputado estadual Bruno Pedrosa (PP) e Eduardo Girão.

A reportagem tentou entrar em contato com José Guimarães para falar sobre o caso. O deputado, no entanto, não atendeu ligações. A assessoria de Eunício Oliveira disse que ele não irá se manifestar sobre o assunto.

Com informações: O Povo

PPS Ceará declara apoio à candidatura ao Senado de Eunício Oliveira

Em encontro realizado na noite desta segunda-feira, 1º, o Partido Popular Socialista (PPS) Ceará declarou apoio a Eunício Oliveira, candidato à reeleição ao Senado Federal. O anúncio foi feito pelo vereador Michel Lins (PPS), eleito o quarto vereador mais influente da Câmara Municipal de Fortaleza.
Em seu discurso, Michel afirmou que o partido continuaria ampliando as parcerias ao apoiar a candidatura de Eunício. Alexandre Pereira, presidente do PPS, afirmou estar muito feliz com a parceria, confiando na reeleição de Eunício ao Senado. “A reeleição de Eunício, pode ter certeza que vai ajudar o nosso vereador Michel Lins”.
Na ocasião, o presidente do Senado afirmou ser uma honra receber o apoio do partido, afirmando que Alexandre Pereira é uma “figura destacada na política e economia cearense”.
Com informações: O Povo

Candidata do PSDB pede que PF identifique responsáveis por vazamento de fotos íntimas

A candidata ao Senado da coligação Tá na Hora de Mudar, Dra. Mayra, ingressou na Polícia Federal com uma notícia/crime para apurar, identificar e punir os responsáveis pelo compartilhamento criminoso de fotos íntimas dela nas redes sociais e aplicativos de mensagens.

“Incomodados com o crescimento da nossa campanha, pessoas inescrupulosas e com motivação política, estão fazendo uso criminoso dessas imagens para atacar a minha integridade e atingir meus familiares”, afirmou ela.

Crime digital

A candidata relata que em 2015 foi vítima de um crime digital. “Tive o meu computador roubado, à semelhança do que aconteceu com a atriz Carolina Dieckmann, fotos íntimas minhas que estavam na lixeira do meu computador foram roubadas e divulgadas como forma de me extorquir e me causar prejuízo”, contou.

Na rede

Agora, quando ela se coloca como candidata ao Senado, as imagens voltam a circular incluindo legendas políticas. “Provavelmente por pessoas que tentam impedir o crescimento de minha candidatura. Mas não vão me impedir. Isso me causa somente uma indignação muito grande por eu ser mulher e isso me faz ser solidária a todas as mulheres que já foram vítimas e que sofreram essa tentativa de ultraje”, afirmou.

Lei

Dra. Mayra informa que é preciso que a sociedade compreenda que esse tipo de atitude é crime digital previsto em lei. “Todas as pessoa que repassam essas imagens também estão incorrendo em crime. É uma violência, um desrespeito contra nós mulheres num contexto em que nós estamos sendo protagonistas”. Dra. Mayra disse, ainda que, elegendo-se senadora, pretende apresentar um projeto de lei no qual preveja que os crimes digitais julgados possam constar numa lista e apresentada à sociedade.

Com informações: Política com K

Cid e Eunício lideram para o Senado

A pesquisa Ampla/O Estado também sondou os eleitores sobre a disputa para o Senado Federal. Na pesquisa estimulada, em que o eleitor é apresentado a uma cartela com os nomes dos candidatos que disputam o pleito deste ano, Cid Gomes (PDT) lidera isolado com 53,4% da preferência do eleitor. Eunício Oliveira (MDB) vem na sequência com 29,5%. Os resultados levam em consideração a soma do 1º e do 2º voto.
Depois de Cid e Eunício, o candidato do Pros, Eduardo Girão, foi o que melhor pontuou. Ele alcança 7%, contra 4,5% de Pastor Pedro Ribeiro (PSL). A candidata do PSDB, Dra. Mayra, é a quinta colocada, com 4,2% das intenções de votos.

Duas vagas no senado
Neste ano, todos os estados e o Distrito Federal elegerão dois senadores, renovando em dois terços o Senado. Diferentemente da eleição para deputado, a de senador é majoritária, vencendo os dois mais votados, da mesma coligação ou não. Dos dois senadores que terminam mandato, só Eunício é candidato. José Pimentel (PT), o outro, desistiu.

Rejeição
O senador Eunício Oliveira, que disputa a reeleição, é o candidato mais rejeitado, segundo o levantamento, com 16,3% . Cid Gomes soma 6,6% de rejeição e é seguido por Pastor Pedro Ribeiro com 6,2%.
A soma dos eleitores que afirmam não votar “em nenhum deles” chega a 9,5%. Os que não rejeitam nenhum dos candidatos e, portanto, declaram que “votariam em qualquer um deles” somam 10,3%. Os entrevistados que responderam não saber em quem votar representam 26,4%.

Ficha
O levantamento do instituto foi encomendado pelo jornal O Estado. A margem de erro é de três pontos percentuais para mais ou para menos. O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Segundo o Ampla, isso significa que, considerando a margem de erro, a chance de o resultado retratar a realidade é de 95%. O instituto ouviu 1.111 eleitores entre os dias 5 e 8 deste mês, em 52 municípios do Ceará. A pesquisa foi registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-CE) sob o protocolo CE-04897/2018.

Com informações: O Estado/Ce

Cid afirma que, se não votar, população abre espaço para os corruptos

Na noite desta quarta-feira (5/9), o candidato ao Senado pelo PDT, Cid Gomes, comentou a falta de interesse da população na política. “O pior dos mundos é não votar. O pior dos mundos é perder a fé. Porque é aí que os picaretas, os vagabundos, os corruptos é que vão reinar”, afirmou.
O discurso aconteceu durante a inauguração do comitê do candidato à reeleição para deputado estadual, Tin Gomes, em Fortaleza. O ex-governador fez elogios a Tin e disse que ele tem sido uma referência na Assembleia.
Estiveram presentes ao evento: prefeitos, lideranças políticas, militantes e apoiadores das candidaturas de Tin, Cid, Camilo Santana e Ciro Gomes.

Caucaia: Município vai receber US$ 80 milhões para mobilidade urbana

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado Federal aprovou, nesta terça-feira (4), a contratação de crédito externo no valor de US$ 80 milhões para o município de Caucaia (Região Metropolitana de Fortaleza). Os recursos serão utilizados no Programa de Infraestrutura Integrado, em obras de mobilidade urbana. A informação é do deputado Domingos Neto.

O recurso virá do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), com garantia do Governo Federal. “Pedimos ao presidente do Senado, Eunício de Oliveira (MDB), para pautar no plenário a aprovação do empréstimo com urgência, fazendo com esse recurso se transforme em benefícios, como pavimentação de vias”, informou o parlamentar.

De acordo com o prefeito de Caucaia, Naumi Amorim, a verba visa a melhoria da qualidade de vida na região e custeará a construção de vias, ciclovias e viadutos, como a ligação de Jurema, sede e o Litoral. Estão previstas também a construção de cinco praças, 10 ecopontos para manejo de material reciclável e um centro social de eventos. Haverá ainda a urbanização de três lagoas e ações de fortalecimento para mil empreendedores locais.

Com informações: Eliomar de Lima

Cid Gomes pede bênçãos no interior do Ceará

O candidato ao senado Cid Gomes (PDT) encerrou o primeiro dia de campanha no Cariri. Ele visitou a Igreja de Santo Antônio, em Barbalha, e a estátua de Nossa Senhora de Fátima, no Crato. Cid estava acompanhado do governador Camilo Santana e do candidato ao senado, Eunício Oliveira.
“Não poderíamos deixar de começar a nossa campanha pedindo as bênçãos de Santo Antônio e de Nossa Senhora de Fátima. Precisamos de fé, força e luz. Ninguém se coloca numa campanha como essa se não tiver muita garra e esperança”, disse.

Ciro diz que procura outro senador para votar no Ceará, além de Cid

Ciro Gomes, candidato do PDT à Presidência da República, acompanhado do prefeito Roberto Cláudio, visitou na manhã de hoje as obras de construção do Residencial Alto da Paz, no Bairro Vicente Pizón, em Fortaleza, como primeiro ato de campanha no Ceará, após a homologação do seu nome para disputar a chefia do Executivo Nacional.

Indagado, Ciro disse que está a procura de um segundo senador para dar o seu voto, no Ceará, pois o primeiro é Cid Gomes.

A obra do Residencial Alto da Paz, sob a responsabilidade da Prefeitura de Fortaleza, dentro do Programa Mina Casa, Minha Vida, está com 60% da sua primeira etapa efetivadas.  São  1.111 apartamentos, divididos em vários blocos de quatro andares cada um. Numa segunda etapa, serão construídos mais 317 apartamentos, de frente para o mar, com três quartos cada um,  novidade em todo o Programa Minha Casa, Minha Vida. A segunda etapa tem a participação do Governo do Estado.

Com informações: Edison Silva

Candidata ao Senado, Mayra terá como suplentes tucanos do Cariri e Quixadá

O PSDB definiu ontem os suplentes da médica Mayra Pinheiro (foto) na disputa pelo Senado. São eles o empresário do ramo da educação e liderança católica em Quixadá, José Nilson Ferreira, e o médico com atuação no Cariri, Rosemberg de Freitas.

A chapa é pura do PSDB. Com as indicações, fica definida a última composição majoritária que ainda faltava no Ceará. Mayra vai fazer dobradinha com o empresário Eduardo Girão, do Pros.

Com informações: Focus