“Bolsonaro vai apostar no caos”, diz Ciro sobre protestos

Adversário do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas urnas em 2018, o ex-candidato Ciro Gomes (PDT) disse não ter visto com otimismo os protestos contra o ex-capitão no último domingo, em cidades como São Paulo e Rio de Janeiro.

“Eu acho um erro (enfrentamento nas ruas). Acho um erro porque o Bolsonaro e essa meia dúzia de fanáticos que tem ao redor dele, entre generais da reserva fascistas, querem esse caos”, avaliou.

Para o pedetista, o presidente não tem mais trunfos, exceto tensionar as relações ao extremo. “O Bolsonaro não tem plano para a pandemia e sabe que a tragédia vai acontecer”, disse.

“Neste momento, não tendo plano para nada, Bolsonaro vai apostar no caos”, continua. “Porque o caos predispõe a sociedade a um certo apelo à ordem. E nós precisamos não dar o argumento para ele.”

Ciro defende que “a hora agora é de protestar na Internet” e que os grupos bolsonaristas “estão ficando cada vez mais radicais, mais boçalizados e mais isolados do conjunto da sociedade brasileira”.

O ex-ministro acrescentou: “Nós vamos para lá meter o tapa nessa gente? Eu tenho vontade de levar uma retroescavadeira e dar um jeito nisso. Mas a gente tem que controlar. Nossa cabeça tem que ser para proteger a vida e a democracia”.

Além das manifestações e a formação de uma frente de oposição a Bolsonaro, Ciro também tratou de temas como as eleições para o Executivo municipal e a queda de braço com adversários em Fortaleza.

Com informações: O Povo Mais

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *