Chuva de 178 milímetros em Farias Brito destrói ruas em diversos bairros e causa estragos

A chuva de 178,0 milímetros registrado na cidade de Farias Brito, na Região do Cariri do Ceará, é a maior precipitação do ano fora da quadra chuvosa, segundo a Fundação Cearense de Meteorologia (Funceme). As outras grandes precipitações ocorreram na quadra chuvosa entre os meses de janeiro e abril de 2018.

Ainda segundo a Funceme, a chuva das últimas 24 horas no município caririense é a terceira maior do ano. Fica atrás apenas das duas chuvas que caíram no município de Icapui, Litoral Leste, que registrou no dia 13 de abril precipitações de 255,00 e 179,0 milímetros respectivamente.

As precipitações em Farias Brito tiveram início durante a madrugada e se estenderam por cerca de quatro horas. Com a intensidade das chuvas, algumas barragens sangraram. Estradas que dão acesso a várias comunidades ficaram destruídas. A praça principal da cidade ficou coberta de lama.

O funcionário público, Francisco Batista Filho, disse que teve que quebrar parte do muro da sua residência para a água poder descer. “Tive que quebrar parte do muro para água poder descer. Abrir dois buracos. Tinha subido ainda mais dentro de casa. Não sei se a geladeria está funciona. Vou ter que verificar”, disse.

De acordo com o secretário de Infraestrutura de Farias Brito, Cícero Edno de Oliveira, a prefeitura trabalha na manhã desta quinta-feira para limpar o canal da cidade e realizar a limpeza de ruas e avenidas. Como também auxiliar algumas famílias.

“A prefeitura já vem trabalhando ao longo tempo porque essa situação é preocupante. Observamos como as pessoas daqui estão sofrendo com isso. Foi uma chuva que eu acho que foi a maior de toda a história. Nosso relevo é muito propício a enchentes. Estamos realizando um projeto de desapropriação do canal  para melhorar o escoamento da água. Apoio as famílias e visitando as casas. Nossa prioridade é fazer a limpeza das ruas e praças a fornecer apoio para as famílias”, disse.

Chuvas em outras regiões

Segundo a Funceme, choveu em pelo menos 99 dos 184 municípios cearenses.Também choveu com intensidade em Arneiroz (74,5 mm), Catarina (73,0 mm), Novo Oriente (70,0 mm), Independência (70.0 mm), Santana do Acaraú (68,8 mm), Crato (62,0 mm), Crateús (58,0 mm), Altaneira (46,0 mm) e Barro (45,8 mm).

Na Região Central e Inhamuns houve chuva em todos os 23 municípios, sendo a maior em Arneiroz. Na Região da Ibiapaba aconteceram precipitações em todas as 14 cidades. O maior registro foi em Ipaporanga, com 30,0 mm. Essas regiões foram as que mais registraram índices de precipitações.

Pré-Estação Chuvosa

Tais registros acontecem por influência de áreas de instabilidade sobre o Piauí e associadas à presença de uma Zona de Convergência do Atlântico Sul (ZCAS), que é uma banda de nebulosidade e precipitação com orientação noroeste-sudeste, indo desde o sul e leste da Amazônia até o sudoeste do Oceano Atlântico Sul.

Além da continuidade da ZCAS, a Funceme identifica, por meio da análise de imagem de satélite e previsão de modelos numéricos, a presença de um Vórtice Ciclônico de Altos Níveis (VCAN) sobre o oceano Atlântico e próximo à costa leste do Nordeste.

Assim com o Cavado de Altos Níveis (CAN) observado no último fim de semana, áreas de nebulosidade e, consequentemente, chuvas são proporcionadas na área da borda deste sistema. Ambos os sistemas são típicos da Pré-Estação, que vai até o fim de janeiro no Ceará.

 

Com informações: Diário do Nordeste

Rafael Sóbis, atacante do Cruzeiro, entra na mira do Fortaleza para 2019

Depois de renovar com Éderson, o Fortaleza está de olho em mais um nome de peso para formar o ataque da equipe em 2019. Um dos jogadores que estão sendo cogitados pela diretoria tricolor é o do atacante Rafael Sóbis, de 33 anos, que está no Cruzeiro.

O site Superesportes.com.br, de Minas Gerais, apurou que o técnico Rogério Ceni está discutindo com o presidente do clube, Marcelo Paz, a possibilidade de contar com Sóbis na próxima temporada, em que o time estará de volta à elite do Brasileirão.

O próximo passo para que a negociação evolua é a questão financeira, já que o salário do jogador está um pouco acima da realidade que o Leão está disposto a pagar. Segundo o Esportes O POVO noticiou em novembro, Sóbis recebe R$ 400 mil de salário e o jogador tem vínculo com a Raposa até dezembro de 2019. Um ponto, contudo, pode ser decisivo para que o negócio seja viabilizado.
Ainda segundo o Superesportes, a diretoria do time mineiro estaria disposta a ceder o jogador por empréstimo e dividir o salário com o Tricolor, com cada parte bancando 50% das despesas mensais. Oficialmente, a diretoria do Fortaleza evita falar sobre o interesse no jogador, afirmando que “trabalhará em silêncio em busca de contratações”.

Além do Fortaleza, o Internacional também surge como possível interessado no atleta para 2019. Sóbis, inclusive, é gaúcho, foi formado nas categorias de base do Colorado e é um dos ídolos da história recente da equipe.

Em 2018, Rafael Sóbis fez 40 jogos pelo Cruzeiro. Destes, 19 como titular, 21 como reserva. Marcou oito gols. Na temporada, o jogador alternou entre titular e reserva e terminou o ano de 2018 no banco. Ainda assim, teve participação efetiva na conquista do título da Copa do Brasil, conquistado pela Raposa.

 

Com informações: O Povo

Governadores do Nordeste discutem segurança pública e novos investimentos em Brasília

O governador Camilo Santana participou nesta terça-feira (4), em Brasília, da reunião do Fórum dos Governadores do Nordeste. Estiveram na pauta o bônus de assinatura das novas reservas de exploração do pré-sal, a securitização da dívida dos estados para o aumento da capacidade de investimento, a garantia federal de ações em Segurança Pública, dentre outros assuntos que serão tratados com a equipe do presidente da República eleito, Jair Bolsonaro. Para o encontro, também foram convidados os governadores da região Norte.

Além do chefe do Executivo no Ceará, estiveram presentes o governador do Pernambuco, Paulo Câmara, o governador do Piauí, Wellington Dias, o governador eleito da Paraíba, João Azevedo, o vice-governador do Maranhão, Carlos Brandão, a governadora eleita do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra, o governador do Alagoas, Renan Filho, o governador da Bahia, Rui Costa, e o governador do Amapá, Waldez Goes.

Camilo Santana destacou a importância de juntar as pautas dos estados do Nordeste e do Norte, no intuito de evoluir na aprovação de mais benefícios para a população das regiões. “Nós compreendemos que são duas regiões com muitos temas em comum. O nosso fórum tem se reunido todos os anos para discutir temas importantes. Consideramos que unificar as pautas é importante, exatamente para que a gente possa pensar nos mandatos dos próximos quatro anos. Todos nós queremos contribuir com o melhor para o país”, afirmou.

Demandas

A primeira pauta discutida entre os governadores foi o bônus de assinatura das novas reservas do pré-sal, que atualmente está no Senado Federal. “Compreendemos ser importante distribuir esse bônus com os estados e municípios, dentro do princípio federativo da divisão. Teremos audiência com o presidente do Congresso Nacional, senador Eunício Oliveira, para tratar desse tema. É uma negociação entre o Congresso, o atual governo e o novo governo”, explicou Camilo.

Além disso, os governadores se empenharam em buscar a garantia de resolução para o projeto de securitização das dívidas dos estados do Brasil, reivindicação antiga dos estados, além de organizar as questões que serão tratadas em reunião no próximo dia 12 junto ao futuro ministro da Justiça, Sérgio Moro. “Queremos apresentar uma proposta do Nordeste brasileiro para melhorias em Segurança Pública”, revelou o governador cearense.

Pedido por prioridades

No último dia 21, Camilo já havia participado de uma reunião em Brasília com os governadores do Nordeste, para listar reivindicações dos estados e municípios por investimento e auxílio da União em áreas prioritárias. O encontro resultou em carta destinada ao presidente da República eleito, assinada por todas as autoridades nordestinas. O documento solicitou ainda uma audiência para tratar de temas relacionados à liberação de investimentos federais, além de ações em Segurança Pública, Saúde e Educação.

 

Com informações: ASCOM do Governo do Estado do Ceará

Danilo Forte deve ocupar a Secretaria do Nordeste no Governo Bolsonaro

O Ceará vai aos poucos conseguindo um lugar de destaque no Governo de Jair Bolsonaro. O deputado federal Danilo Forte, deve ocupar o cargo de Secretário do Assuntos para o Nordeste, pasta ligada a Casa Civil e que será responsável pelo encaminhamento dos pleitos da região e do diálogo com os governos e bancadas nordestinas. O convite foi oficializado pelo futuro ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, durante a reunião com a bancada do PSDB. Danilo será o quarto cearense a ser confirmado no Governo. Antes, haviam sido confirmados o General Theophilo (Secretaria da Segurança Pública), Mayra Pinheiro (Secretaria da Gestão do Trabalho e da Educação da Saúde) e Mansueto de Almeida (Secretaria do Tesouro).

 

Com informações: Focus

Procurador do STJD descarta punição ao Ceará SC por utilização do jogador Ernandes

Procurador do Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), Marcus Campos descartou a possibilidade de o Ceará ser punido pela escalação de Ernandes em 1 partida da Série A (a estreia contra o Santos), torneio em que o time cearense permaneceu na elite em 15ª lugar.

“O clube é, no mínimo, vítima. Eventual irregularidade de ato de registro ou transferência não se confunde com irregularidade da condição de jogo”, afirmou o procurador do STJD.

Nascido em São Félix do Araguaia-MT, Ernandes teria duas certidões de nascimento: uma de 1985 – a original – e outra de 1987, que vem usando desde 2006. Para Marcus Campos, o lateral não obteve nenhum benefício como atleta por conta disso.

O procurador deixou claro que o Ceará só poderia ser punido se atuasse com um jogador irregular no Boletim Informativo Diário (BID) da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Por outro lado, Ernandes deve ser julgado pelo STJD e pode ser punido por até 720 dias (cerca de dois anos) de suspensão, além de uma multa de R$ 100 mil.

A polêmica poderia atingir também a Série B, já que Ernandes defendeu o Goiás em 31 partidas. A tendência, porém, é de que o clube não seja punido. O Goiás conquistou o acesso à elite ao terminar a Série B na quarta colocação, com os mesmos 60 pontos da quinta colocada Ponte Preta, que ficaria com a vaga na Série A se o clube goiano fosse punido pela irregularidade. Outro interessado seria o Paysandu, rebaixado, à Série C por ter encerrado a divisão de acesso na 17ª posição.

 

Com informações: Diário do Nordeste

Candidatos do PSDB do Ceará são indicados e já são 3 os cearenses na equipe de Bolsonaro

Foram confirmados nesta terça-feira, 4, dois indicados para cargos estratégicos no governo Jair Bolsonaro (PSL) que foram candidatos nas últimas eleições pelo PSDB no Ceará.

Candidato derrotado por Camilo Santana (PT) na eleição para o Governo do Estado, General Theophilo estará à frente da Secretaria Nacional de Segurança Pública, órgão ligado ao ex-juiz Moro, futuro ministro da Justiça e Segurança Pública. A função será uma das mais relevantes na pasta que ganhou dimensão de superministério. Hoje, o órgão a ser comandado por Theophilo é ele próprio o Ministério da Segurança Pública, ocupado por Raul Jungmann.

Já a médica pediatra Mayra Pinheiro (PSDB) será secretária de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (STGES) do Ministério da Saúde. Ele foi candidata ao Senado pelo PSDB e ficou na quarta colocação.

Presença cearense no governo Bolsonaro 

Theophilo não é cearense. Nasceu no Rio de Janeiro, mas a família é do Estado. Contando com ele, são três os nomes do Estado que integrarão o futuro governo em posições estratégicas. Isso porque a permanência do cearense Mansueto Almeida na secretaria do Tesouro Nacional foi confirmada para 2019.

 

Com informações: O Povo

Apagão atinge cidades do interior do Ceará

Pelo menos seis cidades da região Norte do Ceará e da Serra da Ibiapaba sofreram apagão no início da noite desta terça-feira (4). A interrupção de energia elétrica começou por volta das 18h20. A EneL informou que o problema foi causado por um desligamento na subestação da Chesf.

As cidades afetadas foram Sobral, Barroquinha, Acaraú, Viçosa do Ceará, Granja e Mucambo. De acordo com a companhia, por volta de 18h50 o fornecimento foi totalmente normalizado.

A Enel afirmou, ainda, que está avaliando as causas, juntamente com a Chesf.

Com informações: G1 Ceará

Camocim: Prefeitura publica nota de esclarecimento mas não mostra provas de que não houve prejuízo

A prefeitura de Camocim publicou uma nota  tentando explicar sobre a fraude que sofreu na última sexta-feira (30), no qual foram transferidos ilegalmente dinheiro dos cofres públicos para golpistas. Em resumo, a prefeita diz que não “houve prejuízo ao município”  porque houve “bloqueio dos valores envolvidos”.

Ocorre que a nota de poucas linhas da gestora  é insuficiente para atender o clamor da população, que deseja ter certeza de que não ocorreu, de fato, prejuízo ao erário público. Neste sentido, desafiamos a prefeita Monica Aguiar a apresentar o extrato bancário da saída e da volta do dinheiro, mostrando o crédito de volta.

Essa nota da  prefeita mostra apenas sua tentativa de obstruir a justiça, mentido e cometendo outra fraude, para acalmar o Ministério Público e a sociedade em geral. Isso não se sustenta. A prefeita precisa ser afastada até que a verdade dos fatos chegue de forma cristalina.

Eis a nota da prefeita. 

“A Prefeitura Municipal de Camocim vem por meio desta, informar que as contas da Prefeitura sofreram uma tentativa de fraude, fato que vem sendo cometido por uma organização criminosa e que está sendo investigado pelas autoridades policiais.

Informamos que a Gestão adotou todas as medidas judiciais cabíveis junto ao Poder Judiciário do Estado do Ceará e da Polícia Civil, resultando no bloqueio dos valores envolvidos nas tentativas de transações financeiras, não tendo sido gerado nenhum prejuízo ao Município.

A Prefeitura Municipal de Camocim ressalta que os valores envolvidos nesta fraude não fazem parte dos recursos provenientes do FUNDEB, e sim de Recurso Próprio Municipal”.

Assessoria de Comunicação da Prefeitura de Camocim

História mal contada sobre transferências terem sido bloqueadas a tempo. 

A história sobre o golpe de WhatsApp na prefeitura de Camocim está muito mal contada. O procurador do Município de Camocim, Alexandre Maia, disse que as transferências ilegais foram bloqueadas a tempo. Como? Vejamos:

1- O próprio programador Financeiro do Município, Felipe Veras, disse ter feito as transferências legais por volta das 13h de sexta-feira, dia 30 de novembro e que só confirmou  o golpe somente após as 17h da mesma sexta-feira. Ou seja,  neste horário o expediente bancário já havia sido encerrado. Por tanto, não houve nenhuma movimentação no sentido de impedir a concretização do golpe.

3 – O próprio procurador do Município informou que foi somente na tarde de domingo, dia 02 de dezembro, no expediente de plantão da Justiça, que a prefeitura conseguiu uma liminar que bloqueou a transferência dos recursos para as contas repassadas pelos fraudadores.

4 – Como pode ter bloqueado a tempo, 40 horas depois?

5 – Todos sabem que nestas ações, os bandidos ficam na boca do caixa esperando o dinheiro entrar para fazer os saques.

O procurador do Município, Alexandre Maia, deve estar mentindo para evitar repercussão maior deste absurdo. Porém, desafio a prefeita Monica  a mostrar os extratos bancários com estorno dos valores.

Diante de tais fatos, nos resta fazer as seguintes indagações: 

1- como pode um programador financeiro do município ter acesso direto as contas do FUNDEB, transferindo ao seu bel prazer dinheiro público, sem, contudo, haver documentos comprobatórios indispensáveis da suposta prestação de serviço, ou até mesmo de uma autorização formal do contador oficial do município?

2- Será que o programador financeiro do município tem competência para realizar transferências de recursos do FUNDEB diretamente para contas de terceiros?

3- Será que foi a primeira vez que o referido programador financeiro transferiu dinheiro público do município respaldado em uma simples mensagem de watts app da Chefe do Poder Executivo, Sra. Mônica Gomes Aguiar?

4- Será que o programador financeiro quando realizou as transferências ilegais acima apontadas já não estava acostumado a cumprir ordens da Prefeita Mônica Aguiar pelo watts app, sem se valer das cautelas mínimas exigidas por lei?

5- Quem garante que o programador financeiro do município de Camocim já não realizou outras transferências a terceiros com recursos públicos visando honrar algum compromisso pessoal?

6- Qual a sanção que o programador financeiro terá pela frente diante de tal atitude imoral e ilegal?

7- Será que mais uma vez os munícipes terão que pagar a conta da desastrosa administração da Prefeita Mônica Aguiar ?

A Prefeita Monica Aguiar incorreu em crime de responsabilidade e deve ser imediatamente afastada de sua funções até que tudo seja devida e rigorosamente apurado. Está claro que o modus operandi na Prefeitura de Camocim é fazer pagamentos sem processo físico, sem licitação, sem ordem de empenho, sem previsão orçamentária, sem nota fiscal, sem atesto da execução dos serviços, sem pedido formal do Secretário ordenador de despesas, sem certidões negativas. Isso tudo é Crime contra a administração pública.

Com a palavra o Ministério Público Federal, Procuradoria Geral de Justiça, Procap e Polícia Federal.

Com informações: Carlos Jardel 

Prorrogado o prazo de vacinação do rebanho contra a febre aftosa

O encerramento do prazo para a vacinação contra a febre aftosa, inicialmente previsto para primeiro de dezembro, foi adiado para o próximo dia 10. Esta segunda fase da campanha de vacinação contra é obrigatória para todos os bovinos e bubalinos, na faixa etária de até 24 meses.

No mesmo período, os criadores estão obrigados a fazer a declaração de todos os animais, de qualquer idade, para atualização cadastral na Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Ceará (Adagri), a informação é do coordenador estadual da campanha de vacinação contra a febre aftosa, Joaquim Sampaio Barros.

A meta superior a 90% permite estabelecer uma barreira imunológica capaz de preservar o rebanho, protegendo da doença para que o estado continue livre da febre aftosa com vacinação.

Joaquim Sampaio esclarece ainda que a campanha de vacinação do rebanho precisa acontecer ainda nos dois períodos definidos pelo Ministério da Agricultura (maio e novembro) para conseguir, a curto prazo ser zona livre de aftosa sem vacinação.

O Brasil recebeu, em Paris, o certificado de zona livre de febre aftosa com vacinação, outorgado pela Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) e precisa manter o calendário de vacinação para continuar com a possibilidade de exportar para Europa, África e Ásia os produtos de origem bovina.

 

Com informações: ASCOM do Governo do Estado do Ceará