Caucaia: Executivos de banco internacional apontam liberação de recurso ainda este ano

A missão do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF) foi apresentada nesta terça-feira (20/11) ao cronograma final do Programa de Infraestrutura Integrada (PII), para o qual a Prefeitura de Caucaia solicita financiamento de 80 milhões de dólares.

A comitiva internacional permanece no município até esta quarta-feira (21/11). “Nós vamos pleitear a liberação de 20% do valor total do contrato, algo em torno de 16 milhões de dólares. Como já temos processos licitatórios em curso, essa é uma verba que será utilizada de imediato”, estimou o coordenador-geral da Unidade de Gerenciamento de Projetos (UGP) e subsecretário municipal de Finanças, Fábio Mota.

Os executivos conheceram detalhadamente o Plano de Mobilidade Urbana, o Sistema de Mobilidade Urbana, o Sistema de Videomonitoramento, os projetos de requalificação de espaços públicos, as ações para gestão ambiental do programa, as medidas de fortalecimento de empreendedores e o Plano de Trabalho Técnico e Social (PPTS) do PII.

“A gente pode dizer com muita tranquilidade que essas obras vão transformar Caucaia; que Caucaia vai ser uma antes e uma depois de investirmos esse recurso. Caucaia tem pressa e nós, toda a gestão, estamos à inteira disposição para colaborar com o banco e essa verba ser liberada o quanto antes”, disse a chefe de gabinete Calismar Amorim.

O contrato entre Prefeitura e CAF já foi assinado. “Estamos aqui para ajudar vocês com o contrato. Trabalhamos com a ideia de o primeiro desembolso do empréstimo ser feito até o fim deste ano. Temos certeza de que isso vai acontecer porque a Prefeitura está visivelmente bem organizada e empenhada”, pontuou o coordenador da missão e executivo principal da Vice-presidência de Infraestrutura do CAF, Santiago Caballero.

Com a liberação da primeira parcela do financiamento, a Prefeitura executará obras de pavimentação na Grande Jurema. Ruas e avenidas que nunca receberam asfalto terão prioridade. Ao todo, mais de 500 vias serão pavimentadas.

Além disso, Caucaia ganhará viaduto, ponte, passagem de nível, areninhas e um inédito Centro de Eventos. “Esse é um equipamento que pode ser bem aproveitado do ponto de vista mercadológico. Ele não pode ser um gasto para a Prefeitura. Não pode ‘competir’ com uma escola ou com um posto. A Prefeitura tem é que ganhar dinheiro com ele. Façam um estudo de demanda e se certifiquem de que esse investimento vai trazer retorno”, propôs o executivo sênior do setor público da representação do CAF no Brasil, José Rafael Neto.

O recurso CAF também resultará na requalificação de praças, criação de ecopontos, construção de areninhas, abertura de ruas e avenidas, interligação da Sede com a Jurema e o Litoral, e urbanização de lagoas. “A Lagoa do Tabapuá vai se tornar um cartão postal para quem entra em Caucaia. Hoje, a lagoa não tem nenhum acesso. Os banhistas entram e saem sem nenhum controle. Nós vamos monitorar, com salva-vidas; vamos colocar restaurantes bons… Isso vai trazer uma boa acessibilidade. As pessoas vão querer ir pra lá”, adiantou o titular da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seinfra), Kleber Correia.

Nesta Quarta

Dando continuidade à missão, os executivos do CAF visitam nesta quarta-feira (21/11) locais que receberão obras do Programa de Infraestrutura Integrada em diversas regiões de Caucaia.

 

Com informações: ASCOM da Prefeitura de Caucaia

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *