Ceará é um dos 11 estados brasileiros que podem passar por surto de dengue em 2020

O Ceará, todos os outros estados do Nordeste, o Rio de Janeiro e o Espírito Santo devem passar por um surto de dengue a partir do próximo mês de março, conforme alertou o Ministério da Saúde nesta quarta-feira (15).

“A dengue é uma doença sazonal e o quadro é dinâmico e pode mudar em pouco tempo, mas, no momento, os nove estados do Nordeste e as regiões do Sudeste com grande contingente populacional pouco afetadas em 2019 estão no nosso alerta”, declarou Rodrigo Said, porta-voz do Ministério da Saúde.

O cenário também foi previsto pela Secretaria da Saúde do Ceará (Sesa), conforme informado em reunião na última segunda-feira (13). Em 2020, o estado deve vivenciar o retorno do sorotipo 2 da dengue, considerado o mais perigoso. Tal categoria da doença foi observada em dez municípios cearenses em 2019.

monitoramento

O secretário da Saúde, Dr. Cabeto, ressalta que, em 2020, a preocupação se volta para algumas áreas específicas. Primeiro, a Região Metropolitana de Fortaleza, pela maior densidade populacional. Em seguida, o Litoral Leste, que registrou muitos casos, e o Sertão Central, por fatores culturais na guarda domiciliar de reservatórios com água. “Diante de uma realidade de abastecimento irregular, esse risco aumenta. A gente começa a estocar de forma inadequada, embora por necessidade”, afirma.

Especialistas ouvidos pelo Diário do Nordeste já indicavam preocupação com o aumento dos casos de dengue tipo 2 no Estado, que, segundo eles, é o mais agressivo nas regiões Centro-Oeste e Sudeste do Brasil. A última epidemia causada por esse tipo de vírus no Ceará foi em 2008. A tendência, conforme projetam pesquisadores, é que o tipo 2 se espalhe em 2020 em especial para as regiões Nordeste e Norte.

 

Com informações: Diário do Nordeste

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *