“Chega de notinha de repúdio” – PDT dá entrada no pedido de impeachment de Bolsonaro

O presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, informou, nesta quarta-feira (22), que o partido deu entrada com pedido de impeachment na Câmara Federal contra o presidente Jair Bolsonaro. “Diante da irresponsabilidade do presidente em meio à pandemia, estimulando indiretamente a contaminação de milhares de pessoas, e dos seus ataques constantes ao Congresso, Judiciário e à imprensa livre, o PDT entrará ainda hoje com um pedido de impeachment na Câmara”, disse Lupi.

O parlamentar afirmou que ‘o pedido traz diferentes argumentos que expõem as ameaças à democracia feitas pelo atual presidente. Caberá à Câmara dos Deputados analisar e votar ou não o nosso pedido’. Lupi concluiu o post, publicado nas redes sociais, com a seguinte frase:

– O papel do PDT é defender a democracia e a saúde do povo brasileiro.

Ciro reitera

Ex-candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes também falou do pedido do partido. Segundo ele, o impedimento é feito ‘por cometimento de crimes de responsabilidade contra a saúde do povo e contra o regular funcionamento das instituições democráticas e a federação’.

“Chega de notinha de repúdio! Temos que confrontar, qualquer que seja a dificuldade política ou ameaças, a conduta criminosa de Bolsonaro! Compartilhem ao máximo para que todos brasileiros e brasileiras saibam que existe resistência democrática contra esse governo genocida e corrupto!”, concluiu o ex-governador do Ceará.

 

Com informações: Edison Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *