Cid Gomes garante que não será candidato à Prefeitura de Fortaleza

A sucessão de Roberto Cláudio (PDT) na Prefeitura de Fortaleza começa a ser discutida entre os principais partidos. Com o nome do deputado federal Capitão Wagner (Pros) ganhando força para o pleito em 2020, lideranças pedetistas começam a ser apontadas como candidatos. O senador Cid Gomes (PDT), um dos nomes da legenda considerado como possibilidade nos bastidores, negou a intenção de concorrer ao cargo.

“Eu já esgotei a minha cota de candidaturas”, garante ele. Ex-governador do Ceará, o parlamentar disse que a disputa pela cadeira no Senado, que ocupará por oito anos, foi o seu último pleito. “A enorme votação que tive que traduz a grande confiança do povo cearense e é, ao mesmo tempo, uma homenagem e um recado: o Senado está bom e deve ser o seu último espaço”, explica.

O senador aproveitou para criticar o governo de Jair Bolsonaro. Um dos articuladores de bloco de oposição no Senado, que conta com 13 parlamentares, o pedetista aponta o governo como “tão destrambelhado que muitas vezes não precisa (de oposição)”. “Nem tem situação, nem tem um conjunto orgânico de pessoas que defenda (o governo). Isso acaba tirando mais o foco de um bloco como o nosso, que é um bloco de oposição”, argumenta.

 

Com informações: O Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *