Ciro diz não acreditar que Bolsonaro termine o mandato

Ciro Gomes, que se coloca como pré-candidato do PDT à Presidência em 2022, afirmou, nessa terça-feira, em entrevista ao programa Morning Show, da Rádio Jovem Pan de São Paulo, não acreditar que o presidente Jair Bolsonaro termine o mandato. Mas ele fez questão de ressalvar logo que sua afirmação é “puro palpite” da parte dele.

Na avaliação do pedetista, esta eventual queda de Bolsonaro viria por causa da situação econômica do País. “Bolsonaro não foi o responsável pelo descalabro, mas ele tem de consertar. Ele não tem rumo”, disse.

Ciro vaticinou: “O ano de 2019 está perdido”. Fez questão também de deixar claro que o PDT e ele trabalham contra a ideia de impeachment de Bolsonaro. “Quem falar ‘fora Bolsonaro’ não conta comigo”, afirmou.

Segundo Ciro, a saída da crise passaria pela diminuição dos juros e pelo aumento da capacidade de investimento pela retomada de obras de infraestrutura paralisadas.

 

Com informações: Eliomar de Lima

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *