Ciro espera aliança com PT no segundo turno

Depois de se arranhar com o PT, o pré-candidato à presidência da República Ciro Gomes (PDT) não descarta alianças com o partido, mas acredita que isso se dará apenas em um provável segundo turno. Na última semana, Ciro disse que “era mais fácil um boi voar do que o PT apoiar alguém”. Ontem, o pedetista iniciou uma série de visitas a municípios do Cariri que tem o objetivo de interiorizar a sua imagem pelo País. Em caravana intitulada como “Rumo 12”, o pré-candidato participou de encontros políticos em três cidades da região ontem e seguirá com agenda na manhã de hoje.

“Tem muita gente tentando produzir uma intriga. O que é fato é que eu e o Lula estivemos juntos, apesar das nossas diferenças ao longo dos últimos 16 anos. Acho natural que o PT tenha candidato, assim como acho natural que eles compreendam que o PDT queira ter sua própria proposta”, disse o pré-candidato durante visita ao Horto do Padre Cícero, em Juazeiro do Norte.

“Eu tenho certeza de que vamos trabalhar e vamos nos encontrar no segundo turno”, completou.

A opinião é partilhada pelo ex-governador Cid Gomes (PDT), pré-candidato ao Senado e que também participa da caravana dos pedetistas. “No segundo turno, tenho a mais absoluta certeza que, como foi nos últimos 16 anos, nós estaremos juntos”, disse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *