Ciro Gomes sobre 2022: “Lula prefere o Bolsonaro a mim”

O ex-governador do Ceará, Ciro Gomes, afirmou que, em uma eventual disputa contra Lula na corrida eleitoral, não faria campanha para o petista.

“Não (campanha por Lula), pela seguinte circunstância: eu represento uma coisa muito diferente do lulopetismo corrupto. Se ele quiser me apoiar, eu evidentemente não posso ser arrogante porque quero unir o Brasil. Evidentemente que eu não vou dizer ‘não aceito’. Eu não tenho esse direito, nem cultivo isso. Cultivo muito a humildade. Estou só por apreço à sua pergunta dizendo que não faria campanha porque nós representamos valores muito distintos”, disse o pedetista.

Na sequência, reforçou que é completamente impossível Lula apoiá-lo. “Lula prefere o Bolsonaro a mim. Já demonstrou isso”, destacou Ciro durante entrevista à GloboNews.

O pedetista também explicou que o Governo Bolsonaro tem acertado em alguns pontos. “Bolsonaro está pagando a menor taxa Selic da história. Podia ser mais baixa, mas é a melhor da história. E há uma tendência hoje consistente de queda dos homicídios. E sei que parte disso devemos a uma decisão que o Bolsonaro tomou e que eu reclamava há 20 anos, que o PSDB e o PT não fizeram”, pontuou.

Mas não poupou o chefe do Executivo das críticas. “Eu acompanho número por número. Educação, saúde, segurança, ciência e tecnologia e infraestrutura: os piores investimentos da história.

 

Com informações: Focus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *