Frente Parlamentar Nacional em defesa do BNB será lançada na AL

A Assembleia Legislativa do Estado do Ceará promove, nesta sexta-feira (05), audiência pública para lançar a Frente Parlamentar Nacional em Defesa do Banco do Nordeste. A ideia é discutir as estratégias necessárias para valorizar e fortalecer a instituição.

O evento acontecerá no Auditório Murilo Aguiar e vai contar com a presença de presidentes de Assembleias dos estados, que fazem parte da área de atuação do Banco como, por exemplo: Maranhão, Piauí e Paraíba, que já confirmaram presença.

Parlamentares das bancadas estaduais e federais de vários estados, entidades de classe, além de servidores do BNB também vão participar da discussão.

Protagonista
Deputados cearenses apontam o BNB como o maior protagonista da economia no Nordeste. A instituição atua nos diferentes setores econômicos, sendo o principal braço do Estado, enquanto instituição de fomento, movimentando bilhões de reais. Valores e capacidade de ação fazem do BNB o maior Banco de desenvolvimento regional da América Latina.

Articulação
Preocupados com o futuro do Banco do Nordeste (BNB), um grupo de parlamentares se reuniu, no último dia 20 de março, na Assembleia Legislativa, com representantes do Sindicato dos Bancários do Ceará (SEEB/CE). Durante a reunião, encabeçada pelo deputado estadual Danniel Oliveira, foi definida uma pauta de ações, com a realização de encontros regionais para fortalecer o BNB e se opor a uma possível fusão com o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“Precisamos garantir a manutenção do Banco do Nordeste da forma como vem operando. Sem sombra de dúvidas, [o BNB] é um grande indutor da geração de emprego e facilitador para o desenvolvimento do Nordeste, em especial do Ceará. Apenas em 2018, foi investido no Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE) mais de R$ 31 bilhões. Ou seja, dinheiro subsidiado fundamental para o desenvolvimento da nossa região e que há a necessidade da sua continuidade”, explicou Danniel.

 

Com informações: Política com K

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *