Fusão de PPS e REDE que pode formar o “Cidadania”, esfria

O esfriamento das negociações entre Rede e PPS para a fusão partiu da Rede, que, com os cinco senadores, poderá ter assento na Mesa Diretora do Senado e a presidência de uma comissão de médio porte. O PPS não terá uma coisa nem outra.

Primeiro, ocupa-se os postos. Depois, as siglas se fundem.

A articulação que planeja fundir a Rede de Marina Silva com o PPS de Roberto Freire estuda batizar o novo partido com o nome “Cidadania”. O projeto político ainda tenta atrair para a futura agremiação movimentos como o Agora, Livres e Acredite, que despontaram a partir de 2016.

Com informações: Blog da Cidadania

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *