Governo quer criar o Médico da Família Ceará

Foi lido em Plenário, nesta quinta (13), na Assembleia Legislativa, mais um projeto de autoria do Governo do Estado que deverá ser aprovado neste ano. A matéria prevê a criação do programa “Médico da Família Ceará” e deverá ser votado até a próxima terça-feira (18), quando o presidente da Assembleia, Zezinho Albuquerque (PDT), deve limpar a pauta de 2018.

Nesta sexta-feira não haverá sessão ordinária na Assembleia. O compromisso dos deputados e de fazer reuniões das comissões técnicas para discutirem as várias matérias de interesse do Poder Executivo, de modo a permitir que parte delas já sejam votadas em plenário na próxima segunda-feira, e as demais na terça-feira, para permitir que os deputados cumpram suas agendas particulares de fim de ano.

Apesar da proximidade da votação do chamado “Mais Médicos cearenses”, o conteúdo do projeto Médico da Família Ceará, ainda não é de conhecimento da maioria dos deputados, tanto de oposição como da base governista. Apenas Zezinho, entre os parlamentares consultados por este blog, falou sobre o teor do projeto. Os demais alegaram que não haviam tido tempo para ler a matéria.

Até o próximo dia 19, os deputados ainda terão de analisar a proposta de reforma administrativa, lida no dia 11, várias matérias ligadas a área econômica, e a Lei Orçamentária (LO), além dos outros projetos que já tramitavam na Casa.

Ontem, atendendo a pedido do presidente do Tribunal de Justiça, desembargador Francisco Gladyson Pontes, a Assembleia devolveu para o Judiciário, uma mensagem que ele havia encaminhado para ser votada pelos deputados, ainda em 2017, de interesse dos cartorários cearenses. O presidente da Assembleia, Zezinho Albuquerque, sequer mandou ler a matéria para conhecimento dos deputados, ao longo de todo esse tempo.

 

Com informações: Edison Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *