Insatisfação da bancada estadual do PP chega ao conhecimento do governador

O secretário chefe da Casa Civil, Élcio Batista, sabe da insatisfação da bancada estadual do PP. Na última quinta-feira a noite, os deputados discutiram a situação do partido em relação ao Governo do Estado. A principal reclamação foi o fato de até o momento o líder da bancada, Apóstolo Luiz Henrique, não ter sido recebido pelo governador Camilo Santana, em nome da bancada, embora em mais de uma oportunidade, oficialmente, a audiência ter sido solicitada.

Os deputados também analisaram a situação das outras bancadas no Legislativo estadual em relação a posições no Governo. Eles alegam que ainda não receberam a contrapartida do apoio dado ao Governo. O PP apresenta uma relação de seis deputados estaduais, embora um deles ainda não seja filiado à sigla. Oficialmente, os filiados são: Apóstolo Luiz Henrique, Bruno Pedrosa, Leonardo Pinheiro, Fernando Hugo e Lucílvio Girão.

Mas o partido relaciona como integrante da sua bancada o deputado  Nelinho, eleito pelo PSDB com 42.779 votos, esperando o momento oportuno para trocar de sigla. Como ele não se enquadra em nenhuma das hipóteses da legislação para mudar de sigla, está aguardando a abertura da famosa “janela”. Dizem deputados do PP que o compromisso dele é votar sob a orientação da liderança do PP.

Nelinho e Apóstolo Luiz Henrique chegaram a ser procurados por emissários do Governo do Estado para trocarem de partido, filiando-se ao PSB. Uma das queixas do pessoal do PP é que uma das abordagens ao Apóstolo Luiz Henrique, aconteceu no momento em que ele estava na sede do PP cearense para assinar sua filiação.

 

Com informação: Edison Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *