MUNICÍPIO DE GRANJA CANCELA CARNAVAL E INVESTE 1,2 MILHÃO EM PREVENÇÃO DE DESASTRES E RECUPERAÇÃO DO MERCADO PÚBLICO.

Pelo segundo ano consecutivo o carnaval do município de Granja foi cancelado com o objetivo de investir em obras que contenham a força das águas na cidade e reforçar a assistência social a fim de que a cidade possa estar melhor preparada para eventuais casos de famílias desabrigadas. Tradicionalmente, o município recebe as maiores precipitações do estado. Só nos primeiros dias do ano já são mais de 300mm, o que fez o nível do rio Coreaú se elevar acima do esperado para a época.

Segundo a Prefeita Amanda Aldigueri (PDT), Granja sempre está entre as recordistas de chuva, porém agora há algo inédito. “A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) convocou uma entrevista coletiva para nos antecipar que no fim de janeiro e início de fevereiro teremos chuvas de intensidade ‘fortíssimas’. Dessa forma, não faz sentido o município gastar com quatro dias de alegria correndo o risco de testemunhar tragédias no restante do ano”, declarou Amanda.

Com a economia declarada de 1,2 milhão de reais, a prefeitura parte para ações preventivas a exemplo de recuperação de córregos, rios, riachos, drenagens, recuperação de pontes, manutenção de passagens molhadas e bueiros, destino correto de resíduos, além da reforma e recuperação do mercado central do município. “Em pleno ano eleitoral, a Prefeita Amanda Aldigueri mostra compromisso e responsabilidade. É uma atitude que desagrada parte da população, assim como também os foliões, mas mostra responsabilidade com a coisa pública, sendo portanto necessária”, complementou o ex-gestor do município Romeu Aldigueri, hoje Deputado Estadual pelo PDT.

A decisão é ratificada pelo fato de que os dois açudes mais relevantes da região – Gangorra e Anjicos – quando sangram, suas águas vão para o rio Coreaú. Estes sangraram ano passado, após 10 anos, porém estavam com 20% da capacidade neste mesmo período. Hoje, ambos já apresentam 80% de acúmulo de água, o que significa que sangrarão bem mais cedo do que em 2019. Estamos no começo da quadra invernosa e os principais reservatórios de água já estão muito acima do registrado na nossa história recente, portanto temos que honrar nossa preocupação maior, que é sempre com as pessoas”, comenta a Prefeita.

“A difícil decisão da gestora municipal de Granja merece reconhecimento pois está na contramão infelizmente de alguns políticos, que em ano eleitoral ainda insistem na política do pão e circo, oferecendo festas milionárias aos munícipes, em troca de popularidade fácil”, complementa Romeu.

 

Com informações: Miqueias Santos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *