Nova Olinda: Secretário e diretor da fiscalização do trânsito são presos em operação

Batizada de Sinal Verde, operação deflagrada na manhã desta sexta-feira, 24, no município de Nova Olinda (Região do Cariri), prendeu João Paulo Sampaio, secretário de Urbanismo e Obras, e  Cícero Kedison de Queiroz, chefe de fiscalização do Departamento Municipal de Trânsito (Demutran). João Paulo é irmão do prefeito de Nova Olinda, Afonso Sampaio (PSD). Os acusados foram exonerados do cargo em portaria publicada pelo líder municipal após as prisões.

De acordo com a Polícia Civil no Crato, responsável pelas investigações, a dupla presa fraudava os procedimentos de apreensão e restituição de veículos apreendidos pelo órgão fiscalizador do trânsito.

Além das duas prisões preventivas, cinco mandados de busca foram cumpridos na região.

De acordo com o delegado Luiz Eduardo Costa, da Delegacia Regional de Crato, as investigações começaram em novembro do ano passado após denúncias de moradores e servidores do Município. “Os veículos eram retidos de forma regular, mas liberados de forma irregular. Eles faziam propostas para vítimas para a ‘compra do veículo’, devido às altas multas, para que o veículo fosse entregue”, detalhou.

O prefeito chegou a ser preso e afastado do cargo, em fevereiro, suspeito de corrupção.

Documentos, celulares e tablets foram apreendidos pela Polícia Civil. Segundo o delegado, uma espingarda foi encontrada na casa do diretor do Demutran.

A Polícia ainda não sabe quanto os infratores extorquiram das pessoas, o valor deve ser estimado após análise do material apreendido, informa o delegado. “Agora é analisar a documentação colhida e confrontar com o que já tem em mãos, para, então, concluir e encaminhar ao Ministério Público e, em seguida, ao judiciário”.

Confira nota do prefeito:

Em virtude dos fatos ocorridos na manhã desta sexta-feira (24) que resultaram na prisão do Secretário de Urbanismo e Obras e do chefe de fiscalização do (Demutran), o Prefeito Afonso Sampaio informa que assinou portarias exonerando-os dos respectivos cargos e que já determinou a Procuradoria Geral do Município a abertura de Processo Administrativo para apuração das condutas dos servidores.

O Prefeito ressalta que aguardará a conclusão das investigações para a adoção de outras medidas que se fizerem necessárias.

Com informações: Rádio CBN/ Cariri – Amaury Alencar

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *