Órgãos de execução do MPCE em Fortaleza e mais 43 municípios retomam atividades presenciais a partir desta terça-feira

Servidores e colaboradores dos órgãos de execução e das Secretarias Executivas do Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE), que funcionam em Fortaleza e outros 43 municípios com “baixo risco epidemiológico”, retomam às atividades presenciais a partir desta terça-feira, 28 de julho.

O retorno é gradual e com cuidados sanitários, como: uso obrigatório de máscara; medição da temperatura corporal para ingresso na sedes do MPCE; processo de descontaminação nos locais de acesso, dentre outros.

O grupo que retorna ao trabalho presencial será composto por pessoas que não fazem parte do grupo de risco, que não coabitem com alguém do grupo de risco ou que não possuam filhos ou dependentes de até 12 anos.

O atendimento ao público deve continuar ocorrendo, preferencialmente, de maneira remota, com possibilidade de ser presencial mediante agendamento. O horário de expediente nos órgãos de execução e nas Secretarias Executivas ocorre das 12h às 18 horas, na Capital, e das 8h às 14 horas nos demais municípios.

Ato Normativo publicado pela Procuradoria Geral de Justiça (PGJ) na última sexta-feira, 24, estabeleceu o início da segunda fase do plano de retorno às atividades presenciais do órgão.

Confira a lista completa de municípios onde retornam atividades presenciais do MPCE:

Além de Fortaleza, municípios com baixo risco epidemiológico onde atividades devem retornar são: Acarape, Aracoiaba, Aratuba, Aquiraz, Amontada, Apuiarés, Barreira, Baturité, Beberibe, Capistrano, Cascavel, Caucaia, Chorozinho, Eusébio, General Sampaio, Guaiúba, Guaramiranga, Horizonte, Itaitinga, Itapiúna, Itapajé, Itapipoca, Maracanaú, Maranguape, Miraíma, Mulungu, Ocara, Pacajus, Pacatuba, Pacoti, Palmácia, Paraipaba, Paracuru, Pentecoste, Pindoretama, Redenção, São Gonçalo do Amarante, São Luís do Curu, Tejuçuoca, Tururu, Trairi, Umirim e Uruburetama.

 

Com informações: O Povo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *