Policia Civil de Paracuru descobre Mansão de Luxo que abrigava criminosos.

Na manhã desta terça-feira (07), a Delegacia de Polícia Civil de Paracuru realizou a prisão de Anderson da Silva de Oliveira, conhecido no mundo do crime por “Cabeça” e Matheus de Souza Santiago de Oliveira, vulgo “Matheuzin”.

Os dois são investigados por Tráfico de Drogas e Homicídios.

Segundo o Delegado Régis Pimentel, os trabalhos investigativos iniciaram a partir de um homicídio duplamente qualificado que vitimou o jovem Eike da Silva Teixeira, de forma covarde e sem possibilidade de defesa da vítima, ocasião em que “Cabeça” efetuou vários disparados de arma de fogo contra a vítima, inclusive um deles direcionado ao crânio, estando a vítima já em solo, o popular “tiro de misericórdia”.

 

No momento do cumprimento dos mandados de prisão preventiva, o que mais chamou a atenção da polícia foi a forma de ocultação do estilo de vida dos investigados. O imóvel onde eles estavam escondidos funcionava um simples e precário lava-jato na fachada, sendo que nos fundos existia uma luxuosa mansão revestida no porcelanato e equipada com piscina térmica nas dependências, formando um indicativo de lavagem de dinheiro oriundo do tráfico de drogas.

Diante da complexidade das investigações, o Inquérito Policial terá seu segmento em sigilo decretado como forma de preservar testemunhas e outros elementos probatórios.

Com informações: Gustavo Carvalho da Bons Ventos FM 91,1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *