PSDB, PROS e PSL formam bloco parlamentar na AL

Ontem, quinta-feira (21), os deputados estaduais integrantes do PSDB, PROS e PSL, oficializaram a formação de um bloco parlamentar na Assembleia Legislativa. Eles perderam a oportunidade, como bloco, de ganharem mais espaços nas comissões técnicas da Assembleia, formadas ontem, com base na proporcionalidade das bancadas partidárias existentes na Casa. Se o bloco tem sido formado anteriormente, seria o segundo maior da Casa, perdendo apenas para o PDT com 14 deputados. O bloco parlamentar é como se fosse a bancada de um partido, com liderança própria e participação proporcional em todos os espaços da Assembleia.

São deputados do três partidos do bloco: Vitor Valim e Soldado Noélio pelo PROS, André Fernandes e Delegado Cavalcante pelo PSL, e Fernanda Pessoa e Nelinho pelo PSDB. Eles são quase a totalidade da bancada de oposição ao governador Camilo Santana na Assembleia. Afora eles a oposição conta ainda com os deputados Renato Roseno (PSOL) e Heitor Férrer (SD). Heitor é dissidente, pois o seu partido é aliado do governador. A deputada Aderlânia Noronha é a outra parlamentar do SD. Ela vota com o Governo na Assembleia.

Heitor, hoje, no plenário da Assembleia, ao defender um requerimento de sua autoria de informações sobre possíveis irregularidades na Cagece, acabou fazendo referência ao tamanho da oposição ao Governo do Estado na Assembleia, afirmando que ela não passa de sete parlamentares.

 

Com informações: Edison Silva

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *