RealTime Big Data: Capitão Wagner lidera com 31% em Fortaleza

Pesquisa do instituto RealTime Big Data/CNN Brasil aponta que o candidato Capitão Wagner (PROS) lidera as intenções de voto para a Prefeitura de Fortaleza, com 31%.

Em seguida estão Luizianne Lins (PT), ex-prefeita da cidade, com 21%; Sarto (PDT), com 18%, que é do mesmo partido do atual prefeito Roberto Cláudio; Renato Roseno (PSOL), com 4%; Heitor Férrer (Solidariedade), com 4%; Célio Studart (PV), com 2%.

Samuel Braga (Patriota), José Loureto (PCO), Heitor Freire (PSL) e  Anizio (PCdoB) aparecem com 1% cada um.

O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral com o número de identificação CE05615/2020. Foram entrevistadas 1.050 pessoas, por telefone, entre os dias 14 e 17 de outubro.

A margem de erro máxima é de três pontos (para mais ou para menos) e o nível de confiança é de 95%. Isto significa que se a mesma pesquisa fosse feita 100 vezes, o resultado seria o mesmo, dentro da margem de erro, em 95.

A pesquisa, amostral, é representativa da população do município com 16 anos ou mais. Ou seja: os entrevistados seguem um padrão semelhante ao da população total, respeitando-se a proporção por idade, região geográfica e sexo.

Pesquisa estimulada 

Capitão Wagner (PROS) – 31%

Luizianne Lins (PT) – 21%

Sarto (PDT) – 18%

Renato Roseno (PSOL) – 4%

Heitor Férrer (Solidariedade) – 4%

Célio Studart (PV) – 2%

Samuel Braga (Patriota) – 1%

José Loureto (PCO) – 1%

Heitor Freire (PSL) – 1%

Anizio (PCdoB) – 1%

Paula Colares (UP) – 0%

Nulo/Branco – 12%

Não sabe – 5%

Esta é a primeira de uma série de rodadas de pesquisas a serem realizadas com exclusividade pela CNN nas próximas semanas, em 11 capitais brasileiras: São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Porto Alegre, Salvador, Recife, Fortaleza, Curitiba, Belém, Palmas, Goiânia, além das cidades paulistas de Campinas e Guarulhos. Juntas, essas cidades concentram 26,9 milhões de eleitores, que correspondem a 18,23% do eleitorado brasileiro.

Capitão Wagner, também, lidera em pesquisa espontânea

Capitão Wagner (PROS) lidera na pesquisa espontânea, quando se pergunta o candidato favorito do entrevistado sem apresentar uma lista de opções, com 23%.

Em segundo lugar aparecem empatados, dentro da margem de erro, os candidatos Luizianne Lins (PT), com 13%, e Sarto (PDT), com 12%. Embora não seja candidato, o atual prefeito Roberto Cláudio foi mencionado por 1% dos entrevistados na espontânea. Houve ainda 12% de brancos e nulos e 4% não souberam responder. Confira a lista das citações espontâneas:

Espontânea

Capitão Wagner (PROS) – 23%

Luizianne Lins (PT) – 13%

Sarto (PDT) – 12%

Heitor Férrer (Solidariedade) – 2%

Roberto Claudio (PDT) – 1% (não é candidato)

Renato Roseno (PSOL) – 1%

Célio Studart (PV) – 1%

Nulo/Branco – 12%

Não sabe – 4%

Luizianne e Capitão Wagner empatam na margem de erro em rejeição

Em rejeição, a ex-prefeita Luizianne Lins (PT) lidera numericamente, mas empata na margem de erro com Capitão Wagner (PROS). Ela tem 29% e ele, 25%. Nesta pergunta os entrevistados poderiam escolher quantas opções quisessem. Veja abaixo a rejeição por candidato (em %):

Rejeição

Luizianne Lins (PT) – 29%

Capitão Wagner (PROS) – 25%

Sarto (PDT) – 18%

Renato Roseno (PSOL) – 14%

Anizio (PCdoB) – 12%

Samuel Braga (Patriota) – 11%

Paula Colares (UP) – 11%

José Loureto (PCO) – 11%

Heitor Freire (PSL) – 11%

Heitor Férrer (Solidariedade) – 11%

Célio Studart (PV) – 11%

Maioria em Fortaleza aprova governador Camilo Santana e prefeito Roberto Cláudio e reprova Bolsonaro

A pesquisa também incluiu perguntas sobre aprovação do prefeito Roberto Cláudio, do governador Camilo Santana e do presidente Jair Bolsonaro. Veja os resultados:

Avaliação do presidente Jair Bolsonaro em Fortaleza

Desaprova – 51%

Aprova – 37%

Não sabe – 12%

Avaliação do governador Camilo Santana em Fortaleza

Aprova – 63%

Desaprova – 30%

Não sabe – 7%

Avaliação do prefeito Roberto Cláudio

Aprova – 64%

Desaprova – 28%

Não sabei – 9%

A candidata Paula Colares (UP) não pontuou. A pesquisa identificou ainda 12% de nulos e brancos e 4% que não souberam responder.

 

Com informações: Roberto Moreira

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *