Renan Calheiros ataca Eduardo Girão, que rebate e promete medidas judiciais

Depois de ação movida pelo senador eleito Eduardo Girão (Pros-CE), o senador Renan Calheiros (MDB-AL) usou o Twitter para atacar o cearense, que rebateu e prometeu medidas judiciais contra o que classificou de calúnia.

Girão foi ao STF para impedir que réus concorram à Presidência do Senado. Renan, que é réu em mais de dez ações no Supremo, vestiu a carapuça: “Girão, a pedido de Tasso e a exemplo de Lasier, entra no STF contra o Senado. Trata-se do ex-dono da Ultralimpo, Empal, Ceará, Thompson, Servis, que enganou mais de 40 mil empregados. É o terceiro maior devedor da Previdência do Brasil e o maior do Ceará…e deportado dos EUA…”, publicou o emedebista na tarde desta quarta-feira, 16.

Com informações: Focus

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *