CGU pede devolução de auxílio irregular sob apuração em 30 dias

A Controladoria-Geral da União (CGU) no Ceará sugere um prazo de 30 dias – que está em curso – para servidores públicos municipais e estaduais devolverem aos cofres públicos federais o dinheiro do auxílio emergencial de R$ 600 que receberam irregularmente. De acordo com o órgão, 24.232 funcionários públicos no Ceará são suspeitos de fraude no benefício. O Ministério Público…