‘O Exército não matou ninguém, não’, diz Bolsonaro sobre músico fuzilado

O presidente da República, Jair Bolsonaro, falou pela primeira vez sobre o assassinato do músico Evaldo dos Santos Rosa, fuzilado com 80 tiros por soldados do Exército no Rio de Janeiro. O presidente fez declarações sobre o caso durante a inauguração de um aeroporto no Macapá, na tarde desta sexta-feira (12/4). De acordo com o Bolsonaro, a execução trata-se de um…