Camilo quebra espinha dorsal das facções e pode capitalizar no campo político

O governador Camilo Santana (PT) começou o segundo mandato com a decisão firme de enfrentar o crime organizado e, para isso, adotou medidas no sentido de isolar líderes de facções e interromper a comunicação entre os articuladores de assaltos, do tráfico de drogas e do roubo a bancos. Uma das medidas que podem se tornar eficazes nessa guerra travada pelo governador…