Temer diz que é vítima de perseguição criminosa disfarçada de investigação

O presidente Michel Temer disse nesta sexta-feira (27) ser vítima de perseguição criminosa disfarçada de investigação. A declaração foi feita em resposta à reportagem publicada pela Folha de S.Paulo que mostra que a Polícia Federal suspeita que Temer tenha lavado dinheiro de propina. A principal suspeita da PF é de que o presidente tenha lavado esse dinheiro no pagamento de reformas em casas de familiares e…