Votos dados a Lia Gomes vão ser aproveitados. Manhã de especulação na Assembleia

A médica Lia Gomes não teve a sua candidatura à Assembleia Legislativa cearense registrada pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) cearense, no pleito deste ano, sob a alegação de ela não ter feito o recadastramento biométrico no Município de Caucaia, onde tinha domicílio eleitoral. O Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ontem à noite, reformou a decisão e considerou Lia apta a disputar a cadeira de deputado estadual. A…